Geral

Fundação de Cultura abre nesta terça as portas do Salão de Arte 2013

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul abre nesta terça-feira (5 de novembro), às 19h30, no Museu de Arte Contemporânea (MARCO) a exposição do Salão de Arte de Mato Grosso do Sul 2013. Foram selecionadas por edital vinte obras dos artistas Alvaro da Cunha Azzan (SP), André Vechi Torres (DF), Ayla […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 16h51

None
475014160.jpg

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul abre nesta terça-feira (5 de novembro), às 19h30, no Museu de Arte Contemporânea (MARCO) a exposição do Salão de Arte de Mato Grosso do Sul 2013.


Foram selecionadas por edital vinte obras dos artistas Alvaro da Cunha Azzan (SP), André Vechi Torres (DF), Ayla Tavares Brilhante (RJ), Francisco José Franco dos Santos (PR), Diego de Sousa Santos (CE), Evandro Batista Prado (SP), Giovanni Ferreira de Souza (RS), Jonir Benedito de Figueiredo (MS), Jose Carlos Suci Junior (SP), Leandra Carvalho do Espírito Santo (RJ), Lucio Volpini (RJ), Luiz Fernando Ricardi (SP), Maicon Medeiros da Silva (SP), Marcos Muniz da Silva (SP), Maria Eugênia Lima Baptista (RJ), Mônica Flavia Cardoso Carvalho (SE), Oswaldo Guimarães Barbosa (MS), Priscilla Paula Pessoa (MS), Sidnei Carlos do Amaral (SP) e Vicencia de Almeida Gonsales (SP).


Dos vinte selecionados, sete artistas foram premiados com R$ 6 mil cada e suas obras incorporadas ao acervo do Marco – Museu de Arte Contemporânea, da Fundação de Cultura. Os demais artistas (13 no total) receberam um prêmio no valor de R$ 1 mil.


Os artistas premiados são Diego de Sousa Santos (CE), Francisco José Franco dos Santos (PR), Giovanni Ferreira de Souza (RS), Jose Carlos Suci Junior (SP), Marcos Muniz da Silva (SP), Priscilla Paula Pessoa (MS) e Sidnei Carlos do Amaral (SP).


Concorreram no Salão de Arte de Mato Grosso do Sul deste ano 135 obras inscritas por artistas de 15 estados da federação. Os trabalhos se enquadram nas categorias desenho; pintura; gravura; escultura; fotografia; objeto; instalação; vídeo-arte; arte digital e linguagens periféricas.


A Comissão de Seleção, que avaliou a documentação e as imagens das obras, foi formada por por Aline Sesti Cerutti (professora do Curso de Artes Visuais da UFMS), Maria Inês Teixeira Pinto Saba (arte educadora, artista plástica e pedagoga – SP) e Marília Muniz Jaci Monteiro (artista plástica e curadora independente -RJ).


O Salão de Arte de Mato Grosso do Sul tem como objetivo ampliar o diálogo com a produção atual das artes visuais e estimular a reflexão sobre a produção cultural brasileira, de maneira a contribuir na promoção, difusão e expansão da diversidade da linguagem artística e cultural, além de possibilitar a compreensão das múltiplas expressões, não se limitando somente as de caráter local.


Esta será a quinta edição do Salão de Arte desde que foi recriado pelo governo do Estado após 14 anos sem ser realizado. Desde então premiou 80 artistas contemporâneos da área das artes plásticas.


“A realização de um Salão como este possibilita o aparecimento de novos talentos na área, o intercâmbio de informações e o contato do público local com novas linguagens neste setor. Enfim, oxigena a produção das artes visuais no Estado”, analisa Américo Calheiros, presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.


A exposição do Salão de Arte de Mato Grosso do Sul será aberta dia 5 de novembro (terça-feira), às 19h30, no Museu de Arte Contemporânea e estará aberta à visitação de terça a sexta das 12h às 18 horas. Sábados, domingos e feriados a partir das 14 horas. A entrada como sempre é franca.


Esclarecimentos e informações complementares sobre o Salão de Arte de Mato Grosso do Sul podem ser obtidos no Núcleo de Artes Visuais da Gerência de Desenvolvimento e Difusão de Programas Culturais da Fundação de Cultura, através dos telefones 3316-9170 (Núcleo de Artes Visuais, das 8h às 13h30) ou 3326-7449 (Marco, das 12h às 18 horas).


O Museu de Arte Contemporânea fica na Rua Antônio Maria Coelho, nº 6000, no Parque das Nações Indígenas. O telefone é (67) 3326-7449.

Jornal Midiamax