Geral

Fachada da Famasul amanhece pichada: ‘leilão assassino’

‘Leilão assassino’ é a frase que estampa a parede externa da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) na manhã deste sábado (7), mesmo dia que acontece o “Leilão da Resistência” feito entre produtores rurais para conseguir recursos e armar segurança contra a retomada de terras de índios pelo Estado. A […]

Arquivo Publicado em 07/12/2013, às 14h54

None
686088607.jpg

‘Leilão assassino’ é a frase que estampa a parede externa da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) na manhã deste sábado (7), mesmo dia que acontece o “Leilão da Resistência” feito entre produtores rurais para conseguir recursos e armar segurança contra a retomada de terras de índios pelo Estado.


A pichação se mostra contra a liminar concedida ontem (6) pelo juiz Pedro Pereira dos Santos, da 4ª Vara do Tribunal Regional Federal da 3a. Região (TRF-3).


A assessoria de comunicação da Famasul informou que um Boletim de Ocorrência será registrado contra o evento para acionar o seguro do prédio. Câmeras de segurança poderão identificar os autores da inscrição.


A Famasul recebe neste sábado a senadora do Tocantins, Kátia Abreu e presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. Ela conversa com produtores antes do

Jornal Midiamax