Geral

Exposição literária expõe ‘todas as músicas do Brasil’ em um único lugar

“Todas as músicas do Brasil” com esse tema, a na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim inaugura amanhã (5), às 8 horas, uma exposição literária em homenagem ao dia do músico (16) e à semana da música (21), ambos celebrados este mês. As obras em exposição revelam todas as maneiras e formas da criação musical […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 11h29

None
1810161344.jpg

“Todas as músicas do Brasil” com esse tema, a na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim inaugura amanhã (5), às 8 horas, uma exposição literária em homenagem ao dia do músico (16) e à semana da música (21), ambos celebrados este mês.

As obras em exposição revelam todas as maneiras e formas da criação musical no país dos diversos ritmos e gêneros: de biografias de grandes músicos e cantores, passando por entrevistas aos discos históricos da música popular brasileira de 1929 a 2007, entre outros.

Através de um amplo panorama musical brasileiro, seja na moda dos violeiros caipiras, na batida e no balanço do samba carioca e na cadência genuinamente sentimental do choro, no trem das onze do samba paulistano de Adoniran Barbosa, na alegre folia do frevo pernambucano, na onda que se ergueu no mar da bossa nova, na antropofágica geléia geral da tropicália; nos clubes da esquina de Minas e na irreverência do rock nacional, faremos uma viagem de um século na Música Popular Brasileira.

Estarão expostas as biografias de Ary Barroso, Pixinguinha, Nelson Cavaquinho, Cartola, Tim Maia, Maysa e Paulo Moura, da bossa de Carlos Lyra ao samba falado do poeta aprendiz Vinícius de Moraes, da verdade tropical de Caetano Veloso e de nosso Sinhô do samba às marchinhas de carnaval de Braguinha, dos sonhos que nunca envelhecem do Clube da Esquina aos textos sobre as canções de Chico Buarque e da música de Djavan e ao universo anárquico do “maluco beleza” Raul Seixas.

De Mato Grosso do Sul, onde o velho trem atravessa o Pantanal haverá desde a biografia do criador da música do Estado, o maestro Radamés Gnatalli, à origem da música sertaneja sul-mato-grossense, além dos gêneros musicais como a guarânia, a polca e o chamamé.

Serviço

As visitas à exposição são abertas ao público e a mostra acontece até o dia 30 de novembro. A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim fica no segundo andar do Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30 horas. Outras informações pelos telefones 3316-9161 e 3316-9175.

Jornal Midiamax