Geral

Exposição de Humberto Espíndola aberta hoje comemora criação do Estado

A exposição “A Divisão do Estado Quadro a Quadro”, do artista plástico Humberto Espíndola, que celebra a criação de Mato Grosso do Sul abre ao público a partir das 15 horas, desta quarta-feira (9), no Centro Cultural José Octávio Guizzo. As obras da mostra fazem parte do acervo do Museu de Arte Contemporânea (MARCO). O […]

Arquivo Publicado em 09/10/2013, às 10h53

None
46023155.jpg

A exposição “A Divisão do Estado Quadro a Quadro”, do artista plástico Humberto Espíndola, que celebra a criação de Mato Grosso do Sul abre ao público a partir das 15 horas, desta quarta-feira (9), no Centro Cultural José Octávio Guizzo. As obras da mostra fazem parte do acervo do Museu de Arte Contemporânea (MARCO).

O artista Humberto Espíndola, em 1978, ano da implantação do novo Estado (que já havia se firmado nacional e internacionalmente com sua bovinocultura) traduziu e sintetizou plasticamente a história em uma série de quadros. Enquanto narrador privilegiado, o campo-grandense que se encontrava em Cuiabá na época oferece um verdadeiro roteiro estético-histórico do fato.

A importância dessas obras não pode ser desprezada, uma vez que os quadros da série Divisão de Mato Grosso são parte fundamental da história e da cultura sul-mato-grossenses.

Fiel à marca da Bovinocultura, Humberto Espíndola atribui ao boi o papel de narrador principal da história, manipulando suas máscaras, variando-lhes os sentidos de acordo com o contexto. A riqueza da linguagem das obras favorece a busca com persistência, garante a continuidade na incompletude, permitindo transgressões infinitas na travessia do sentido.

Serviço

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica localizado na Rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.


(Com informações da assessoria da imprensa)

Jornal Midiamax