Geral

Evangélicos dizem que brincadeira da girafa no Facebook pode ser ‘armadilha satanista’

A inocente brincadeira da girafa que se tornou viral em poucas horas no Facebook na última terça-feira (29), pode sofrer um baque. Da mesma maneira em que a charada apareceu, tem feito sucesso um post dizendo que toda a movimentação nos perfis das pessoas seria uma armadilha disfarçada do satanismo. O post é assinado pelo […]

Arquivo Publicado em 31/10/2013, às 17h39

None

A inocente brincadeira da girafa que se tornou viral em poucas horas no Facebook na última terça-feira (29), pode sofrer um baque. Da mesma maneira em que a charada apareceu, tem feito sucesso um post dizendo que toda a movimentação nos perfis das pessoas seria uma armadilha disfarçada do satanismo.

O post é assinado pelo pastor Carlos Ribas, que se intitula ‘ex-satanista, escritor e conferencista especializado em batalha espiritual’.

Com a seguinte charada: “Três da manhã, a campainha toca e você acorda. Visitantes inesperados: são seus pais, que chegaram para o café da manhã. Você tem geleia de morango, mel, vinho, pão e queijo. Qual a primeira coisa que abre?”, o pastor Carlos Ribas começa a revelar “as forças ocultas” a partir da resposta correta do enigma.

Segundo ele, a resposta “eu abro o olho”, parece inocente mas não é. O evangélico cita um trecho da Bíblia que seria uma referência a elementos usados no suposto pacto satanista: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”, diz Apocalipse, no capítulo 3, versículo 20.

 O pastor afirma que o significado de outra resposta comum, como “eu abro a porta”, também seria um símbolo espiritual para ‘abrir a vida’.

E as afirmações sobre uma possível armadilha do satanismo não param por aí. O horário em que a visita surge na casa da pessoa (3h00) também é apontado pelo pastor como horário estratégico para ‘atividades do inferno’ dentro da magia negra no satanismo, para abertura de portais espirituais onde geram legalidades sobre vidas.

Além destes pontos citados pelo pastor, até a troca de foto de perfil por uma simpática girafa é algo que indica a primeira ‘legalidade de troca de identidade espiritual’ que funcionaria como abertura para ‘opressão e – posteriormente – possessão demoníaca’.

De acordo com Carlos, a girafa é um animal símbolo da sensualidade e um dos animais que mais possuem relações entre membros do mesmo sexo, numa escala de um caso para cada dez animais.

O pastor ainda revela que algumas pessoas teriam entrado em contato com ele para avisar que, ao tentar trocar as fotos das girafas, o Facebook acabava “travando”. Segundo o religioso, seria mais uma prova da armadilha satanista.

Jornal Midiamax