Geral

Estoques estratégicos vão agilizar assistência às vítimas de desastres

O secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, e o presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Wagner Pinheiro de Oliveira, assinaram hoje (17) contrato para a criação de estoques estratégicos de assistência humanitária. Serão adquiridos kits com itens de limpeza e higiene pessoal, alimentos, água mineral e dormitórios, com capacidade para até cinco […]

Arquivo Publicado em 18/07/2013, às 00h55

None

O secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, e o presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Wagner Pinheiro de Oliveira, assinaram hoje (17) contrato para a criação de estoques estratégicos de assistência humanitária. Serão adquiridos kits com itens de limpeza e higiene pessoal, alimentos, água mineral e dormitórios, com capacidade para até cinco pessoas.

O material ficará em centros de distribuição em Manaus, Porto Alegre, no Rio de Janeiro, Recife e em Brasília. Assim, cada região do país contará com um centro para agilizar o atendimento às pessoas atingidas por desastres.

Viana destacou a importância de contar com centros de apoio próximos às vítimas. “Os implementos que a gente adota nas primeiras 48 horas do desastre, como alimentos, remédios e kits de higiene, dependendo das circunstâncias, a gente poderia levar até dez dias para entregar. Em dez dias as pessoas já estão fora da emergência. Com este novo modelo de distribuição, dependendo do lugar, nós podemos enviar em até 24 horas”.

Jornal Midiamax