Geral

Enquanto fazendeiros leiloam gado, entidades arrecadam alimentos para indígenas de MS

Coincidentemente, o ato ocorre no mesmo dia do “Leilão da Resistência”, que acontece na Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul)

Arquivo Publicado em 07/12/2013, às 21h20

None
1996169051.jpg

Coincidentemente, o ato ocorre no mesmo dia do “Leilão da Resistência”, que acontece na Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul)

Mais de 20 entidades fazem neste sábado (7) um ato em apoio aos povos indígenas, com a arrecadação de roupas e alimentos que serão levados a índios que moram no Sul do Estado. O evento ocorre com apresentações artísticas de música, dança, teatro, vídeos e exposição de obras de arte. De acordo com organizadores, mais de 5 toneladas de roupas e alimentos, já foram arrecadados este ano.

Coincidentemente, o ato ocorre no mesmo dia do “Leilão da Resistência”, que acontece na Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), onde vão a remate cerca de 800 animais para a contratação de segurança armada, impedindo que indígenas façam a retomada de terras no Estado.

“O objetivo [´Leilão da Resistência´], é tentar mostrar que são eles que mandam. No Estado, campeão de violência contra índios, isso só vem a sujar o nome de MS. Já são mais de 300 mortes de lideranças nos últimos anos. Na segunda-feira (9), nós levaremos toda a situação vivida pelos indígenas ao Fórum Nacional dos Direitos Humanos em Brasília (DF)”, diz o líder terena Lindomar Ferreira.


“Defendemos a justiça dos povos indígenas, esse aglomerado de pessoas ligadas a educação defende uma questão constitucional, que é o direito dos povos indígenas. O Estado é que tem o poder de resolver, que faça cumprir a Constituição”, diz o artista Jorge de Goes.

Mato Grosso do Sul tem uma população de aproximadamente 75 mil índios, sendo 45 mil de Guaranis e aproximadamente 28 mil de Terenas.

A entidades que fazem parte do ato são a FETEMS,CCDH, CTV, DCE-UFMS, TPT, CPT, CEBI, MST, MMC, CTB, CUT, CONLUTAS, CIMI, ONG AZUL, CEDAMPO, ADLESTE, SINTES, SEEB-CG, SINTECT-MS, SINTSPREV, SISTA-MS, SINTIEMC, RECID.

Jornal Midiamax