Geral

Empresária nega ameaça a ex-deputado e desconhece rescisão contratual

A proprietária da empresa Editora GDS Ltda, Daniele da Silva Santos, que arrendou a grade de programação da rádio 100,9 FM de Aquidauana, de propriedade de Raul Martinez Freixes, ex- deputado estadual e ex-prefeito de Aquidauana, procurou o Midiamax, na manhã deste sábado (26), para negar as acusações de que seu marido Gustavo dos Santos […]

Arquivo Publicado em 26/01/2013, às 15h00

None
1138485522.jpg

A proprietária da empresa Editora GDS Ltda, Daniele da Silva Santos, que arrendou a grade de programação da rádio 100,9 FM de Aquidauana, de propriedade de Raul Martinez Freixes, ex- deputado estadual e ex-prefeito de Aquidauana, procurou o Midiamax, na manhã deste sábado (26), para negar as acusações de que seu marido Gustavo dos Santos o teria ameaçado, ontem (25), após encontrá-lo na rua XV de novembro, área central de Campo Grande.

Daniele afirmou que foi pega de surpresa ao saber que Freixes tem a intenção de romper o contrato de arrendamento. “Fiquei sabendo através da matéria publicada no site. Ele diz que não consegue me encontrar, mas isso é impossível, já que faço um programa diário na radio, de segunda a sábado, das 9h às 12h e meu advogado, Marco Túlio Garcia, é primo dele e não estávamos sabendo que ele está me procurando sem me encontrar”.

Gustavo dos Santos acredita que os argumentos do ex-deputado sejam uma forma para fugir de suas responsabilidades. “Nunca tive discussão nenhuma com ele, respeito ele e a sua família. Não teve ameaça, eu não ando armado. Ele foi covarde de fugir, sabendo que tinha uma dívida de R$ 15 mil com o Detran”, afirmou.

Ainda de acordo com Daniele, como forma de pagamento para o contrato de arrendamento, sua empresa, a GDS têm pagado desde fevereiro de 2012, várias dividas trabalhistas da época em que a rádio 100,9 FM era administrada por Freixes. “Foram mais de R$ 500 mil. Além disso, sou locatária de um apartamento em que Freixes mora na rua XV de Novembro e em outro da rua Bahia, em que mora a ex-mulher dele, eu sou fiadora. Assumi a rádio a pedido da mãe dele, a dona Elcira Brandes Garcia, que faleceu no ano passado, nunca tivemos problemas com a família dele, pelo contrário”, disse.

Daniele acrescentou que o veículo Audi A4, preto, placas NRN – 0500, de Aquidauana, que Freixes abandonou na área central de Campo Grande, ontem (25), está no nome de sua empresa, a GDS. “Pagamos em dia o financiamento do carro, mas o IPVA, DPVAT e as multas é responsabilidade dele. A documentação está vencida e se ele não pagar, iremos arcar com mais essa despesa para que o nome da minha empresa não fique sujo”, finalizou.

Jornal Midiamax