Geral

Em jogo truncado, Novoperário vence Misto e segue em segundo no grupo

A superioridade numérica até os 30 minutos do segundo tempo não foi o suficiente para o Misto (Três Lagoas) segurar o Novoperário no Morenão, pela terceira rodada do campeonato estadual de futebol. A partida foi equilibrada e com muitas falta, mas Dubinha e Agnaldo marcaram para o Galo que se manteve no segundo lugar no […]

Arquivo Publicado em 26/01/2013, às 23h10

None
1772564086.jpg

A superioridade numérica até os 30 minutos do segundo tempo não foi o suficiente para o Misto (Três Lagoas) segurar o Novoperário no Morenão, pela terceira rodada do campeonato estadual de futebol. A partida foi equilibrada e com muitas falta, mas Dubinha e Agnaldo marcaram para o Galo que se manteve no segundo lugar no Grupo A do Estadual.

A partida foi equilibrada com poucas chances na primeira etapa e o principal lance foi a espulsão do zagueiro Fabão do Novoperário aos 45 minutos. No intervalo Dubinha desenhava o que seria o segundo tempo.

“Vamos jogar no erro do adversário. Estamos com um homem a menos e vamos focar na defesa, mas sem esquecer o ataque, pois o mando de jogo é nosso e precisamos do resultado”, comentou.

O Misto voltou pensando na vantagem numérica. “Vamos aproveitar o erro dele pra marcar”, disse Fabão, zagueiro do time de Três Lagoas. Mas foi o Galo que aproveitou as falhas e marcou.

Em uma arrancada pela esquerda, o camisa 7 do Novoperário, Kakalo, sofreu pênalti, aos 18 minutos. O experiente Dubinha pediu para bater e cobrou no canto esquerdo do gol do Misto. Precisando do resultado, o time de Três Lagoas se espaço para o contra-ataque. Em cruzamento pela direita, a bola sobrou no meio da área para o camisa 10 do Novoperário, Agnaldo, que encheu o pé esquerdo e marcou o segundo pros donos da casa.

Com o 2×0, o time do Misto perdeu a cabeça e perdeu o camisa 3 Jonatan expulso após entrada violenta aos 30 minutos do segundo tempo.

Para o técnico do Novoperário, Elói Kruger a vitória mostra que o time está vai disputar o título. “Tivemos altos e baixos no decorrer da partida, mas mostrados que estamos focados e vamos buscar sempre o resultado”, afirmou.

Das arquibancadas os torcedores do Galo gritavam. “Cene pode esperar, a sua hora vai chegar”. Questionado sobre o adversário o nome do jogo, Dubinha, avaliou o time. “Eles continuam em primeiro e mostram ser um time superior na condição física, mas estaremos prontos para enfrentá-los. Nessa partida quem vai ganhar é o torcedor, com um show de bola”, comentou.

A partida entre Cene e Novoperário acontece no próximo domingo (3 de fevereiro), no Olho do Furacão casa do Cene. O Furacão Amarelo continua na liderança do Grupo A com 1 ponto a mais que o Galo.

Jornal Midiamax