Geral

Em Dourados CPI da Saúde averigua que saúde é precária

A Comissão Parlamentar de Inquérito visitou ontem (24) o Hospital Evangélico e o Posto de Assistência Médica em Dourados para investigar possíveis irregularidades nos repasses dos recursos do SUS (Sistema Único de Saúde). Logo após a reunião ordinária da CPI que foi realizada na Câmara Municipal de Dourados, os parlamentares visitaram o Hospital Evangélico. Lá […]

Arquivo Publicado em 25/06/2013, às 16h46

None
856962966.jpg

A Comissão Parlamentar de Inquérito visitou ontem (24) o Hospital Evangélico e o Posto de Assistência Médica em Dourados para investigar possíveis irregularidades nos repasses dos recursos do SUS (Sistema Único de Saúde).


Logo após a reunião ordinária da CPI que foi realizada na Câmara Municipal de Dourados, os parlamentares visitaram o Hospital Evangélico. Lá encontraram várias pessoas deitadas em macas nos corredores aguardando atendimento médico.


A Comissão teve acesso a toda a infraestrutura da unidade hospitalar e na ocasião foi possível ouvir os pacientes que aguardavam atendimento médico. Muitos reclamaram da demora no atendimento. Em seguida, os parlamentares foram até o Posto de Assistência Médica de Dourados, onde encontraram a mesma situação de superlotação. Nesse local havia três médicos realizando atendimento à população.


CPI da Saúde em MS


A CPI da Saúde em Mato Grosso do Sul foi criada na Assembleia Legislativa para investigar possíveis irregularidades nos repasses dos recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) para unidades hospitalares de Campo Grande, Corumbá, Paranaíba, Dourados, Três Lagoas, Jardim, Coxim, Aquidauana, Nova Andradina, Ponta Porã e Naviraí. As investigações serão realizadas durante 120 dias, podendo ser prorrogadas por mais dois meses. Os deputados vão apurar os recursos repassados pelo SUS aos 11 municípios nos últimos cinco anos.


Denúncias


Para ajudar no trabalho de investigação, os deputados decidiram criar um e-mail ([email protected]) para que as pessoas possam denunciar irregularidades nas unidades hospitalares. Os deputados também decidiram criar mais uma ferramenta para que as pessoas possam acompanhar os trabalhos que estão sendo feitos pela CPI da Saúde. A fan page (facebook.com/cpidasaudeemms) que servirá para que a população possa acompanhar o trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito.

Jornal Midiamax