Geral

Em 11 minutos, Real vence o Rayo Vallecano pelo Espanhol

No jogo que marcou a 100ª partida de Jose Mourinho no comando do Real Madrid no Campeonato Espanhol, a equipe madrilenha venceu o Rayo Vallecano, no Santiago Bernabéu, por 2 a 0, neste domingo. Morata e Sergio Ramos, que foi expulso com 17 minutos de jogo, fizeram os gols dos donos da casa no duelo […]

Arquivo Publicado em 17/02/2013, às 22h51

None

No jogo que marcou a 100ª partida de Jose Mourinho no comando do Real Madrid no Campeonato Espanhol, a equipe madrilenha venceu o Rayo Vallecano, no Santiago Bernabéu, por 2 a 0, neste domingo. Morata e Sergio Ramos, que foi expulso com 17 minutos de jogo, fizeram os gols dos donos da casa no duelo que foi válido pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol.

Com o resultado, o Real permanece na terceira colocação com 49 pontos. Já o Rayo segue em sexto com 37. No outro jogo que fechou a 24ª rodada, o Espanyol venceu o Betis por 1 a 0.

O JOGO

Nem o mais otimista torcedor do Real Madrid imaginaria um início tão avassalador. Mesmo com seis desfalques, os donos da casa demoraram apenas 11 minutos para fazer 2 a 0. Primeiro com Morata, após jogada iniciada por Kaká. Depois foi a vez de Sergio Ramos, de cabeça, após cobrança de falta de Özil, ampliar a vantagem merengue.

Parecia que haveria um massacre no Santiago Bernabéus. Eis que o mesmo Sergio Ramos conseguiu a proeza de ser expulso com 17 minutos de jogo. Com um jogador a menos na defesa, Mourinho precisou sacrificar Morata e para promover a entrada de Albiol. Com isso, o Rayo se animou e até criou algumas jogadas perigosas. De todo modo, a etapa inicial terminou sem maiores emoções.

Após o intervalo, o panorama não mudou muito. As duas equipes criavam jogadas, mas havia pouca inspiração. De positivo, a disposição de Kaká. Além de participar do primeiro gol, ele buscou o jogo e tentou boas finalizações no segundo tempo, mostrando que com sequência de jogos, pode voltar a ser um jogador importante para o Real. Prova disso foi que saiu de campo aplaudido pela torcida.

No fim das contas, não houve muito o que comemorar no centésimo jogo de Mourinho no comando da equipe merengue no Espanhol. De qualquer maneira, o dever de casa foi feito e algumas reflexões ficaram para os próximos compromissos, sobretudo na Liga dos Campeões e Copa do Rei.

Jornal Midiamax