Geral

Eduardo Campos será candidato à Presidência na chapa, diz Marina

A ex-senadora Marina Silva reiterou nesta quarta-feira (9) que o candidato do PSB à Presidência será o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e que ela não tem como objetivo de vida ser presidente da República, mas “um país melhor”. “Só tem uma posição na chapa que está posta que é a do Eduardo”, disse sobre […]

Arquivo Publicado em 09/10/2013, às 20h27

None

A ex-senadora Marina Silva reiterou nesta quarta-feira (9) que o candidato do PSB à Presidência será o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e que ela não tem como objetivo de vida ser presidente da República, mas “um país melhor”.


“Só tem uma posição na chapa que está posta que é a do Eduardo”, disse sobre a aliança selada no último sábado após a Rede ter o seu registro negado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Com a negativa, Marina se filiou ao PSB e firmou uma coligação com a Rede, que ainda deverá ser criada.


Ela negou que planeje se candidatar a algum cargo no seu Estado, o Acre. “Eu já estou priorizando o nacional quando me disponho a apoiar um candidato que está colocado desde que assuma o programa da Rede. Não tenho como objetivo de vida ser presidente da República, mas um país melhor.”


Marina disse ainda que a coligação com o PSB foi no plano nacional e que agora serão discutidas as alianças regionais caso a caso, mas que terão como foco o programa de partido e não o tempo de televisão. Segundo ela, o critério para formar as chapas nos Estados será o “limite da coerência” e não é porque há uma aliança nacional que se terá que “seguir a Rede ou o PSB”. “Somos dois partidos independentes.”

Jornal Midiamax