Geral

De olho em verbas federais, prefeitos de MS vão à Brasília encontrar Dilma

De olho em recursos federais, prefeitos de Mato Grosso do Sul se juntam a outros chefes do Executivo para participar de megaevento com a presidente Dilma Rousseff (PT) entre 28 a 30 de janeiro. Além de aproveitar a reunião para conhecer os prefeitos novatos, a presidente apresentará os principais programas e linhas de crédito do […]

Arquivo Publicado em 26/01/2013, às 15h21

None

De olho em recursos federais, prefeitos de Mato Grosso do Sul se juntam a outros chefes do Executivo para participar de megaevento com a presidente Dilma Rousseff (PT) entre 28 a 30 de janeiro.


Além de aproveitar a reunião para conhecer os prefeitos novatos, a presidente apresentará os principais programas e linhas de crédito do governo federal. Também serão anunciadas as medidas e projetos para os gestores municipais, em parceria com diferentes ministérios.


No ano passado, além das transferências obrigatórias, o governo repassou R$ 10 bilhões aos municípios de forma voluntária.


Para o evento, estão sendo montados gabinetes itinerantes para ministros atenderem prefeitos de forma reservada, palestras sobre os principais programas e oficinas a fim de ajudar os municípios a cumprirem as exigências de repasse de recursos federais na execução de obras e serviços.


O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas (PT-RS), deverá anunciar o nome de 1,9 mil cidades que vão receber motoniveladoras, compradas pelo governo por R$ 665 milhões. O Ministério das Cidades apresentará aos prefeitos programas de habitação, saneamento e mobilidade urbana.


Também estão previstos painéis de “boas práticas” que serão apresentados por prefeitos do DEM, do PT e do PDT e de experiências de consórcios públicos entre os municípios.


Dilma determinou que o evento seja mais técnico que político. Ela espera 20 mil pessoas no evento, orçado em R$ 3 milhões.


De Mato Grosso do Sul, o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), foi um dos primeiros a confirmar presença no encontro. (Com informações da Assomasul).

Jornal Midiamax