Geral

Daniel Alves critica imprensa do Brasil e pede cobertura à la espanhola

Com bom humor e ironia, Daniel Alves concedeu uma entrevista coletiva um pouco diferente neste sábado, véspera da decisão da Copa das Confederações contra a Espanha. O lateral do Barcelona aproveitou o contato com o jornalistas para falar sobre a cobertura feita da seleção brasileira. Entre brincadeiras e críticas, reclamou do que classificou como pessimismo […]

Arquivo Publicado em 29/06/2013, às 16h34

None
1772663088.jpg

Com bom humor e ironia, Daniel Alves concedeu uma entrevista coletiva um pouco diferente neste sábado, véspera da decisão da Copa das Confederações contra a Espanha. O lateral do Barcelona aproveitou o contato com o jornalistas para falar sobre a cobertura feita da seleção brasileira. Entre brincadeiras e críticas, reclamou do que classificou como pessimismo e pediu usou como exemplo da imprensa espanhola, segundo ele, bem mais positiva quando fala da equipe nacional.


“A imprensa do Brasil continua igual de pessimista. Deveria ser mais otimista com a seleção brasileira. Vocês se fixam na seleção espanhola como exemplo. Vocês não se fixam como a imprensa deles torce pela seleção. Aqui é só feu. É digno de admirar a revolta de vocês com a seleção”, afirmou o lateral.


É comum nas coberturas de torneios, os jornalistas espanhóis usarem camisas da seleção. Durante a Copa das Confederações, a imprensa do país ignorou os incidentes envolvendo os jogadores do time de Vicente Del Bosque com prostitutas em Fortaleza e Recife.


“Nunca vi a seleção entrar numa competição tida como favorita. Isso é complicado. Mas é espada levantada e vamos para frente”, disse o jogador, arrancando risos dos jornalistas. “Que nem burro”, completou, com as mãos ao lado do rosto, indicando que não deveria olhar para o lado.


A frase não foi a única que levou os jornalistas as gargalhadas. Em outros momento, Daniel brincou com o fato de jogar no Barcelona com seis dos 11 titulares da seleção espanhola.


“Acho que essa noite vai me dar amnésia. Amanhã não conheço ninguém. Depois do jogo a gente sai. Estou preparando amnésia”, disse o lateral.


Há dez anos jogando na Espanha, Daniel Alves foi consultado por Luiz Felipe Scolari sobre o rival do próximo domingo, na final da Copa das Confederações, no Maracanã. O jogador confirmou que houve uma conversa com o treinador sobre os defeitos e qualidades dos espanhóis.


“Foram perguntas no contexto geral, das qualidade e defeitos. Mas a as informações foram dadas. São coisas internas”, afirmou o lateral direito.


A equipe de Vicente Del Bosque tem seis titulares que atuam no Barcelona com Daniel Alves: Busquets, Jordi Alba, Pedro, Xavi, Iniesta, Pique.

Jornal Midiamax