Geral

Com erros de goleiros, Corinthians vence São Paulo e sai em vantagem

O Corinthians saiu na frente na disputa da Recopa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, no Estádio do Morumbi, o time do técnico Tite derrotou o São Paulo por 2 a 1 em partida marcada por erros dos goleiros. Depois que Guerrero abriu o placar, Aloísio empatou em falha feia de Cássio. Mais tarde, Renato Augusto fez o […]

Arquivo Publicado em 04/07/2013, às 02h05

None
1638978406.jpg

O Corinthians saiu na frente na disputa da Recopa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, no Estádio do Morumbi, o time do técnico Tite derrotou o São Paulo por 2 a 1 em partida marcada por erros dos goleiros. Depois que Guerrero abriu o placar, Aloísio empatou em falha feia de Cássio. Mais tarde, Renato Augusto fez o segundo ao ver Rogério Ceni bastante adiantado.

O título da Recopa, que é disputado entre o campeão da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana de 2012, será definido na próxima quarta-feira, no Pacaembu. Para o Corinthians, que terá a vantagem do empate (não há o critério do gol fora de casa para desempate), o principal problema será as lesões: Danilo e Douglas saíram da partida com problemas físicos.

Já o São Paulo terá que acertar sua equipe. O time do técnico Ney Franco fez uma partida confusa e chegou a melhorar depois do intervalo, principalmente por conta da entrada de Aloísio, mas sucumbiu à pressão corintiana.

As duas equipes fizeram um primeiro tempo bastante truncado e com poucas chances. A melhor chance de gol da primeira parte da etapa saiu aos 21min, quando Luís Fabiano recebeu bom passe de Douglas e bateu para a defesa de Cássio. Quatro minutos depois, Danilo levou a pior em disputa de bola com Rodrigo Caio e precisou deixar a partida, sendo substituído por Douglas.

O jogo perseguia equilibrado, mas o Corinthians conseguiu abrir o placar. Aos 29min, Romarinho avançou pela direita, deixou Juan para trás e cruzou na área. Emerson não conseguiu completar, mas Guerrero surgiu na área e fuzilou o gol de Rogério Ceni. Com desvantagem no placar, o São Paulo tentou ir ao ataque, mas sem eficiência, oq eu fez com que a torcida pedisse “raça”.

A solução de Ney Franco foi sacar Douglas e Ganso para as entradas de Wellington e Aloísio, tentando assim dar mais velocidade e presença de área ao time tricolor. E alteração deu resultado. Logo com 1min de jogo, Aloísio arriscou chute de longe, Cássio falhou e o São Paulo conseguiu seu empate.

A partir do empate, o time da casa passou a ser superior e apertava o Corinthians em seu campo de defesa. Para os visitantes, a situação se complicou um pouco mais por conta de problema físico de Douglas, que deu lugar a Renato Augusto. Aos 19min, Guilherme ficou perto de por novamente os alvinegros em vantagem, mas a bola bateu na trave.

A partir daí, o panorama da partida mudou. O Corinthians era quem controlava o jogo e pressionava a saída de bola. O resultado foi o segundo gol. Fábio Santos lançou para Renato Augusto que, observando Rogério Ceni adiantado, tocou por cima do arqueiro, fazendo um golaço. Nos minutos finais, enquanto o São Paulo não conseguia o empate, o técnico Ney Franco ainda teve que ouvir o torcedor tricolor cantar o nome de um velho conhecido do Morumbi: Muricy Ramalho.

Jornal Midiamax