Geral

Com 54% dos votos, Dhomini é segundo eliminado do ‘BBB13’

Pedro Bial anunciava o segundo Paredão da 13ª edição do Big Brother Brasil, disputado nesta terça-feira (22), como histórico, por opor na mesma berlinda dois fortes participantes de temporadas anteriores do programa – Anamara e Dhomini. E o apresentador não podia ter se mostrado mais certo. Com apenas 54% dos votos do público, uma rara […]

Arquivo Publicado em 23/01/2013, às 10h26

None
2124712647.jpg

Pedro Bial anunciava o segundo Paredão da 13ª edição do Big Brother Brasil, disputado nesta terça-feira (22), como histórico, por opor na mesma berlinda dois fortes participantes de temporadas anteriores do programa – Anamara e Dhomini. E o apresentador não podia ter se mostrado mais certo. Com apenas 54% dos votos do público, uma rara porcentagem em momentos de eliminação, o goiano de 40 anos, vencedor do BBB3, foi eliminado. A exemplo de comparação, Aline foi eliminada com 77% na semana passada.


“A gente já conhece os atores. Ao menos pensa que conhece. Ser conhecido é uma vantagem e uma desvantagem para os veteranos. Quem já os viu primeiro, compara as atuações. E quem resiste a comparações?”, filosofou Bial antes de anunciar o eliminado da semana. “Grandes figuras vocês dois. Marcaram época. Um foi campeão e a outra roubou meu coração. Tantas virtudes: inteligência, senso de humor. Dhomini, um jeito mulambo de ser rei. E, Anamara, como não amar? Ela tem coragem para dar e emprestar. E que graça, uma auto-confiança incrível […] Considerem: nada é mais precioso do que o tempo e é por isso que uma segunda chance não tem preço. Perdeu, campeão. Vem pra cá.”


Ao contrário do Paredão da semana passada, que viu Aline sair do programa sem grandes mobilizações dos colegas, a semana extra de convivência levou a eliminação de Dhomini a ganhar ares dramáticos. Quando o anúncio de seu nome foi feito, uma choradeira geral tomou conta da casa, com abraços emocionados, lamentos – e, claro, um pouco, mas muito pouco, de celebração. Isso porque Anamara acabou se tornando extremamente próxima do brother, levando-a a encarar, pelo menos até do programa desta terça, a sobrevivência na berlinda como um tanto negativa.


“Ficar aqui vai ser uma felicidade enorme, mas vai ser também muito triste, porque não vou ter um aliado”, desabafou a participante do BBB10 em conversa no quarto com o goiano, para quem afirmou ter torcido ao longo de toda a 3ª edição do programa, vencida por ele. “Independente do resultado, lá fora sou seu companheiro e vou honrar seu nome sempre”, respondeu Dhomini, provavelmente o brother mais próximo das mulheres no reality show até agora.


“Eu procurei o Paredão”, explicou, já fora do confinamento, Dhomini a Pedro Bial. “Fiquei velho para a brincadeira e entendo que esta situação de agora foi a melhor pra minha vida. Pode ser que fizesse bobagem com este R$ 1,5 milhão.”


Mas o brother também recebeu boas notícias, ambas vindas do apresentador do programa. Antes do anúncio do eliminado, Bial arrancou lágrimas dos olhos do goiano ao lhe revelar o sexo do bebê que sua mulher está esperando – uma menina. Depois, não contou nenhuma nova, mas demonstrou admiração pelo eliminado, dando nele um longo e apertado abraço e fazendo um elogio que raramente se permite fazer: “parabéns, você é o máximo”.


Isolamento


Ela gritou, cantou e se empolgou tanto na primeira semana do BBB13 que acabou perdendo a voz. Para a alegria dos brothers. Isso porque, desde sua chegada à casa, Kamilla não tem agradado muito suas colegas por seu jeito elétrico e pouco silencioso. Ao longo de toda a semana, se tornou comum pelos corredores do reality críticas pesadas a ela, na maioria das vezes pelas costas – incluindo aí o universal gesto de suicídio, no qual finge-se dar um tiro de arma de fogo na própria cabeça, feito por Yuri.


“As meninas tão querendo me tirar”, desabafou aos prantos com Marcello, no final da semana passada, temendo verdadeiramente ser enviada para o segundo Paredão do BBB13, formado no domingo (20). Foi salva pelo personal trainer carioca, que a imunizou após vencer a Prova do Anjo, no último sábado (19).


A imunidade, no entanto, só foi válida para uma berlinda e a edição do BBB desta terça fez questão de deixar claro que as críticas têm sido constantes ao longo de toda a semana. Um desabafo de Andressa em conversa com Fernanda é uma boa ilustração disso: “senhor, dai-me paciência”.


Mas em um reality show em que todos os participantes são filmados 24h por dia, em todos os seus afazeres, parece improvável uma mudança de personalidade por parte de Kamilla. “Gosto de dançar até o chão, cantar, é meu jeito”, disse em seu primeiro dia de confinamento. “E também não consigo parar de falar, sabe?”

Jornal Midiamax