Geral

Cobra jararaca é encontrada enrolada em carrinho de bebê

‘Fiquei nervosa e com as pernas bambas’, disse a mulher que a encontrou. Uma cobra jararaca foi encontrada dentro da residência de uma família de Cascavel, no oeste do Paraná, na manhã desta sexta-feira (25). Na casa, que fica em um bairro urbano da cidade, havia duas crianças, uma de 12 anos e outra de […]

Arquivo Publicado em 26/01/2013, às 17h37

None

‘Fiquei nervosa e com as pernas bambas’, disse a mulher que a encontrou.

Uma cobra jararaca foi encontrada dentro da residência de uma família de Cascavel, no oeste do Paraná, na manhã desta sexta-feira (25). Na casa, que fica em um bairro urbano da cidade, havia duas crianças, uma de 12 anos e outra de cinco meses. Ainda assustada com o incidente, a dona de casa Solange Fretta disse ao G1 que acordou, tomou café e ao levar o copo até a lavanderia, se deparou com a serpente. “Se eu desse mais uma passo sem olhar para o chão, teria pisado nela. Fiquei bastante nervosa e com as pernas bambas”, completou.

Com os filhos ainda dormindo, ela ligou para o Corpo de Bombeiros, que a orientou a ficar olhando para a cobra, que é venenosa, sem deixá-la sumir. “Eu voltei lá, e ela estava indo para debaixo dos móveis. Quando eu vi, ela levantou a mexeu o rabo, como se fosse me dar o bote”, relatou.

Fretta, então, decidiu acordar os filhos e sair para a rua. “Eu acordei minha filha de 12 anos e falei: tem uma cobra aqui dentro de casa. Arruma uma bolsa de roupa para o bebê. Daí, nós fomos para a rua”, disse. Pouco menos de meia hora depois, segundo Fretta, os bombeiros chegaram e encontraram a cobra enrolada no carrinho do filho menor. “O que mais me gerou medo é que ela pudesse picar os meus filhos, picar o meu bebê. Eu estou até agora com aquela sensação de que ela pode estar aqui. É bem assustador”, assegurou.

O Corpo de Bombeiros informou que a cobra foi levada para o Parque Ambiental, na BR-277, em Cascavel.

Jornal Midiamax