Geral

China retira mais de 400 mil pessoas com chegada do tufão Fitow

Mais de 400 mil pessoas foram retiradas de suas casas, no sudeste da China, na esteira da aproximação do tufão Fitow, que deve tocar a terra na segunda-feira, entre as províncias de Zhejiang e Fujian, de acordo com informações de agências internacionais. Além da evacuação, autoridades chinesas pediram que embarcações pesqueiras retornem para a costa. […]

Arquivo Publicado em 06/10/2013, às 17h40

None

Mais de 400 mil pessoas foram retiradas de suas casas, no sudeste da China, na esteira da aproximação do tufão Fitow, que deve tocar a terra na segunda-feira, entre as províncias de Zhejiang e Fujian, de acordo com informações de agências internacionais.


Além da evacuação, autoridades chinesas pediram que embarcações pesqueiras retornem para a costa. O alerta vermelho, que equivale ao nível mais elevado de alerta, foi emitido ontem pelo Centro Meteorológico Nacional.


Autoridades informaram que, até a metade deste domingo, mais de 65 mil embarcações haviam retornado aos portos. O governo de Zhejiang indicou que 289 mil pessoas haviam sido retiradas da região. Em Fujian, 128 mil pessoas deixaram suas casas ou postos de trabalho.


Na manhã de hoje, o tufão estava a 360 quilômetros a sudeste da cidade de Wenzhou, em Zhejiang. O Fitow levará fortes chuvas e ventos a cinco províncias, além de Xangai e Taiwan, nos próximos três dias, de acordo com a autoridade meteorológica.

Jornal Midiamax