Geral

Ceará mantém Atlético-GO na degola e reacende esperança por acesso

O Ceará mostrou, na noite desta sexta-feira, que ainda pode conseguir uma arrancada final para alcançar o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Em Goiânia, no Estádio Serra Dourada, a equipe encerrou jejum negativo na competição ao vencer o Atlético-GO por 3 a 1, resultado que mantém o adversário na zona de rebaixamento e […]

Arquivo Publicado em 02/11/2013, às 01h47

None

O Ceará mostrou, na noite desta sexta-feira, que ainda pode conseguir uma arrancada final para alcançar o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Em Goiânia, no Estádio Serra Dourada, a equipe encerrou jejum negativo na competição ao vencer o Atlético-GO por 3 a 1, resultado que mantém o adversário na zona de rebaixamento e coloca os nordestinos estrategicamente próximos do G-4.

Isso porque, depois de quatro rodadas sem vitória, o triunfo leva o Ceará aos 50 pontos, três abaixo do Icasa, 4º colocado e último a aparecer na zona de acesso – a distância ainda pode mudar no decorrer da rodada, no sábado. Já o Atlético-GO, que vinha de três partidas sem derrota, permanece ameaçado de queda para a Série C: é o primeiro time da zona de rebaixamento, no 17º lugar, com 35 pontos.

O Atlético-GO volta a campo pela Série B na próxima sexta-feira, quando enfrenta o Bragantino no interior paulista: a partida está marcada para as 19h30 (de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Já o Ceará recebe o Sport em casa às 17h20 do sábado, no Castelão, em Fortaleza.

Em Goiânia, o Ceará contou com tranquilidade a mais em relação ao pressionado Atlético-GO, e assim conseguiu sair na frente no marcador. Aos 24min do primeiro tempo, em bola estourada para o campo de ataque, Magno Alves dominou no peito e, da entrada da área, tocou na saída do goleiro Márcio. O gol não desanimou os atleticanos, que tentaram a reação – sem sucesso.

No segundo tempo, o time conseguiu marcar o gol logo nos primeiros minutos, o que poderia ser um bom indicativo de reação. Fábio Lima foi acionado dentro da área aos 6min e, com chute rasteiro, empatou o confronto. Uma lambança enorme, no entanto, voltou a complicar o anfitrião no Estádio Serra Dourada.

Aos 22min, o segundo gol cearense saiu em outro chutão para frente. No campo de ataque, Léo Gamalho desviou de cabeça. O volante Régis, no desespero para afastar o perigo, tentou chutar a bola, mas acabou encobrindo o goleiro Márcio. Com o placar complicando o time goiano na classificação, o jeito foi se jogar para o ataque e criar algumas boas oportunidades, quase sempre nas bolas paradas.

Isso, no entanto, abriu espaço para mais contra-ataques do Ceará. Aos 40min, o visitante matou o jogo de vez. Diogo Orlando recebeu bola pela direita e, sem marcação, invadiu a área e tocou rasteiro para Léo Gamalho, que ainda brecou para cortar a marcação. Com o goleiro Márcio vencido no lance, ele chutou alto para definir a vitória sobre o Atlético-GO.

Jornal Midiamax