Geral

Carlão diz que votaria contra comissão, mas que agora pode mudar o voto

O vereador Carlão (PSB) afirmou em entrevista ao Midiamax que com o adiamento da votação por uma Comissão Processante, tudo pode mudar, inclusive seu voto. “Eu não votei no Bernal. Mas hoje eu votaria contra a Comissão, porque ontem eu fui em 23 lugares perguntar para o povo se eu votava sim ou não e […]

Arquivo Publicado em 08/10/2013, às 19h40

None
946816650.jpg

O vereador Carlão (PSB) afirmou em entrevista ao Midiamax que com o adiamento da votação por uma Comissão Processante, tudo pode mudar, inclusive seu voto.

“Eu não votei no Bernal. Mas hoje eu votaria contra a Comissão, porque ontem eu fui em 23 lugares perguntar para o povo se eu votava sim ou não e a maioria me disse para ‘deixar o homem trabalhar’”, admitiu Carlão.

Porém, o vereador disse que essa situação pode mudar. “Política se faz com entendimento, com conversa com diálogo. Os dois lados vão me mostrar argumentos que realmente me convençam e eu posso mudar meu voto até lá porque eu não tenho esse compromisso de votar nem que sim nem que não”, ressaltou.

Questionado se o partido teria dado alguma indicação de voto, Carlão disse que “o deixaram livre para decidir”. “Meu voto vai ser eu e meu Deus. Meu mandato é do povo”, concluiu Carlão.

Jornal Midiamax