Geral

Campanha na internet tenta derrubar site do Flu: “vai cair pelo povo”

A permanência do Fluminense na Série A do Campeonato Brasileiro por meio de uma punição à Portuguesa, que escalou de forma irregular o meia Héverton na última rodada contra o Grêmio, segue gerando revolta na internet. No Facebook, a página “Cai Flu” foi criada para promover uma campanha para derrubar o site do clube tricolor […]

Arquivo Publicado em 18/12/2013, às 14h46

None
256364176.jpg

A permanência do Fluminense na Série A do Campeonato Brasileiro por meio de uma punição à Portuguesa, que escalou de forma irregular o meia Héverton na última rodada contra o Grêmio, segue gerando revolta na internet. No Facebook, a página “Cai Flu” foi criada para promover uma campanha para derrubar o site do clube tricolor nesta quarta-feira, às 16h.

“O Fluminense caiu e subiu no tribunal. É vergonhoso para o futebol brasileiro. Por isso, vamos unir nossas forças e fazer com que o site deles caia”, diz a descrição da página, que compartilha uma série de pôsteres com instruções para que os internautas sobrecarreguem o site oficial do Fluminense no horário determinado.

Entre os dizeres dos cartazes estão frases como “Entramos com um recurso contra o Flu: a internet”, “O tapetão salvou o Flu. A rede, não” e “O Flu não caiu pela CBF. Mas vai cair pelo povo”. O objetivo da campanha é simplesmente fazer com que os internautas acessem o site do clube todos ao mesmo tempo.

O Fluminense se salvou de jogar a Série B por meios extracampo pela terceira vez em sua história: em 1996 e 1999, escapou com viradas de mesa. Desta vez, a punição à Portuguesa fez com que o clube rubro-verde perdesse quatro pontos, ficando atrás dos cariocas na classificação. O time paulista entrou com recurso, que será julgado no Tribunal Pleno do STJD em 27 de dezembro.

Jornal Midiamax