Geral

Camarotes da Copa das Confederações ‘encalham’, e Fifa quadruplica ingressos populares

A venda de ingressos para jogos da Copa das Confederações de 2013 é considerada um sucesso pela Fifa (Federação Internacional de Futebol) e está entrando em nova fase nesta sexta-feira, com a aquisição sendo feita pelo site www.fifa.com/ingressos. O mesmo, entretanto, não pode ser dito da venda das entradas para os camarotes dos estádios que […]

Arquivo Publicado em 15/02/2013, às 15h20

None
1042987076.jpg

A venda de ingressos para jogos da Copa das Confederações de 2013 é considerada um sucesso pela Fifa (Federação Internacional de Futebol) e está entrando em nova fase nesta sexta-feira, com a aquisição sendo feita pelo site www.fifa.com/ingressos. O mesmo, entretanto, não pode ser dito da venda das entradas para os camarotes dos estádios que receberão o torneio.


Enquanto 52% do total de bilhetes da competição deste ano já foram negociados, só cerca de 12% das entradas para as áreas VIPs das arenas foram vendidas até agora. Dos cerca de 80 mil lugares disponíveis nos camarotes, só 9,7 mil foram comercializados, segundo a Fifa.


“Não podemos dizer que isso é um sucesso”, reconheceu o diretor de marketing da entidade máxima de futebol, Thierry Weil, durante entrevista coletiva com jornalistas brasileiros na última quinta-feira.


Vendidos a partir de R$ 1,4 mil, os ingressos para camarotes são geralmente comprados por empresas que pretendem realizar ações de relacionamento durante a copa. O Banco do Brasil, por exemplo, já gastou R$ 1,4 milhão com entradas VIPs para jogos do campeonato.


De acordo com Weil, porém, nem tantas empresas demonstraram interesse nesse tipo de ação. Por isso, ele mesmo disse que a Fifa deverá intensificar seus contatos para tentar aumentar o número de vendas de entradas para os camarotes até o dia 3 março, data de encerramento das vendas dos pacotes do programa de hospitalidade da Copa das Confederações.


O programa foi lançado em setembro do ano passado. Caso não venda os ingressos reservados para ele, as entradas serão postas à disposição do público em geral. “Não vamos perder esses ingressos. Vamos repassar para torcedores comuns”, disse Weil, já antecipando as possíveis ações da Fifa.


Ingressos populares


Se os ingressos VIPs não saem, os que têm preços populares são muito demandados. A procura é tamanha que a Fifa mais que quadruplicou a quantidade de entradas da categoria 4 postas a venda. Essas entradas custam a partir de R$ 28,50 e só são vendidas a brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil.


Durante a discussão da Lei Geral da Copa, a Fifa garantiu ao governo que reservaria 50 mil ingressos da categoria para a Copa das Confederações. Nas duas primeiras fases da venda de ingressos do torneio, ela já negociou 75 mil entradas desse tipo. Já na fase de comercialização que começa nesta sexta, às 9h, serão postos a venda mais 140 mil bilhetes populares. Ao todo, portanto, 215 mil ingressos de baixo custo deverão ser comercializados.


A venda desses ingressos é a “carta na manga” que a Fifa ainda tem para aumentar a presença de torcedores em alguns jogos com baixa procura de torcedores. O jogo entre Nigéria e Taiti, no Mineirão, por exemplo, ainda tem 36 mil entradas disponíveis. Já o jogo contra entre a Espanha e de novo o Taiti, desta vez no Maracanã, tem 35 mil bilhetes disponíveis.


Essa baixa procura por ingressos de algumas partidas, inclusive da atual campeã mundial, a Espanha, não preocupa a Fifa, segundo Weil.


“Com certeza, muitos brasileiros vão querer assistir a uma partida da Copa das Confederações”, afirmou ele. “Nas primeiras fases de venda de ingressos, eles priorizaram as entradas para jogos do Brasil. Agora que nem todos os ingressos estão disponíveis, eles devem procurar entradas para outras partidas.”


Venda de ingressos


Começa nesta sexta-feira, a terceira fase da venda de ingressos da Copa das Confederações. Por ela, os bilhetes serão vendidos por ordem de chegada, ou seja, quem solicitar primeiro leva. A venda é feita no site www.fifa.com/ingressos.


De acordo com o diretor da Fifa, inicialmente, mais 291 mil ingressos estarão disponíveis nesta fase. Ele lembrou, entretanto, que esse número deve aumentar já que negociações feitas nas primeiras fases podem não ser concretizadas. Se isso acontecer, ingressos voltam a estar disponíveis aos interessados, inclusive aqueles de partidas que hoje tem lotação esgotada.

Jornal Midiamax