Geral

Câmara de segurança flagra omissão de PMs diante de homicídio de jovens em SP

Reportagem exibida na noite deste domingo (31) no programa “Fantástico”, da Rede Globo, aponta que policias militares não reagiram diante de um duplo homicídio ocorrido na zona leste de São Paulo. A equipe do programa teve acesso a imagens de um câmara de segurança, instalada na rua Belisário de Souza, no Belém, onde os crimes […]

Arquivo Publicado em 01/04/2013, às 01h53

None

Reportagem exibida na noite deste domingo (31) no programa “Fantástico”, da Rede Globo, aponta que policias militares não reagiram diante de um duplo homicídio ocorrido na zona leste de São Paulo.



A equipe do programa teve acesso a imagens de um câmara de segurança, instalada na rua Belisário de Souza, no Belém, onde os crimes ocorreram, no início da madrugada de 16 de março deste ano. Os registros mostram o momento em que dois homens chegam em uma moto e apontam armas em direção a três rapazes que estavam na calçada, em frente à casa de uma das vítimas.



Os três erguem os braços e viram de costas. Em seguida, os homens disparam várias vezes e matam dois dos jovens –um recebeu 12 tiros e outro, conhecido como Piuí, levou seis disparos. Um deles conseguiu fugir. A mesma câmera que flagrou os crimes mostram um carro da Polícia Militar passando pelo local seis segundos depois.



Outra câmera mostra que o carro da PM estava parado na mesma rua dos crimes, a uma distância de cerca de 50 metros.



A reportagem localizou o pai de Piuí, que tinha apenas 14 anos. O pai da vitima, que não se identificou, trabalha nas ruas, carregando material reciclável. O filho o ajudava na função. O pai da vítima disse que o filho não consumia drogas, nem tinha envolvimento com o crime.



Segundo a reportagem, no boletim de ocorrência registrado pelos PMs que presenciaram o crime, eles dizem que encontraram as vítimas já mortas, em um local conhecido por ser ponto de venda de drogas.



A delegada Elizabete Sato, do Departamento de Homícidios e Proteção à Pessoa da Polícia Civil (DHPP) afirma que, “no mínimo houve omissão” dos policiais. O DHPP investiga se os PMs tem envolvimento com as mortes.



Ainda de acordo com a reportagem, a PM informou por meio de nota que abriu inquérito para apurar a conduta dos policiais.


Jornal Midiamax