Geral

Brasilândia pode receber indústria de adubo orgânico

Prefeito Jorge Diogo se reuniu empresários interessados em instalar indústria no município

Arquivo Publicado em 22/01/2013, às 15h47

None

Prefeito Jorge Diogo se reuniu empresários interessados em instalar indústria no município

O Prefeito Jorge Diogo (PT) recebeu em seu gabinete na manhã desta segunda-feira (21), dois empresários do município de Batayporã interessados em instalarem uma indústria especializada em adubo orgânico em Brasilândia. A reunião também contou com a participação do Secretário de Administração Waldemar Firmino de Campos.



De acordo com os empresários Valdinei Almeida e Ederson Kriguer, da empresa Organosolos, o interesse de instalar uma empresa em Brasilândia foi devido a sua localidade e também a região estar cercada de plantio de Eucaliptos – matérias primas não aproveitáveis para produção de celulose seriam preparadas para se tornarem adubos orgânicos.



Na reunião também foi discutido sobre os documentos necessários para dar entrada na instalação da empresa em Brasilândia. Nos próximos dias, a Prefeitura deverá encaminhar para os empresários o check list de documentos e sugestões de áreas para a futura instalação. Caso a tramitação de todo processo flua normalmente, a expectativa é que a instalação da empresa ocorra ainda no segundo semestre deste ano. Somente nesta primeira fase, a indústria poderá gerar até 25 empregos, e após a implantação definitiva poderá elevar este número.



“Além disso, com a implantação desta indústria no município, a população passará por uma conscientização da destinação correta de materiais orgânicos, como por exemplo, restos de comidas, folhas e demais produtos que podem entrar em decomposição”, acrescentou o empresário Valdinei.



PARQUE INDUSTRIAL



A implantação definitiva do Parque Industrial faz parte de um dos projetos do Governo Municipal de Brasilândia, com objetivo de gerar empregos e fortalecer a economia do município.



Numa área localizada às margens da BR-158, na saída para Três Lagoas (próximo ao Reassentamento Novo Porto João André), a Prefeitura deverá doar lotes para empresários interessados em instalar indústrias em Brasilândia. Ainda, haverá outros incentivos, como por exemplo, a realização de terraplenagem e isenção de impostos.



“Com esta iniciativa, queremos diminuir o déficit de desempregos no município e vamos apoiar a qualificação do trabalhador e também buscar parcerias junto ao Governo do Estado para que tenhamos respaldo no subsídio de impostos, para facilitar ainda mais o interesse de mais empresários instalarem suas empresas em Brasilândia”, ressaltou o Prefeito Jorge Diogo.


Jornal Midiamax