Geral

Biffi comunica R$ 16,4 milhões para ações educacionais em 34 municípios de MS

O deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS) comunicou, na manhã desta terça-feira (03/12), em Brasília, que o seu mandato conseguiu empenhar junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) R$ 16,4 milhões para obras educacionais em 34 municípios de Mato Grosso do Sul. De acordo com o parlamentar, o recurso obtido para a construção […]

Arquivo Publicado em 03/12/2013, às 20h21

None

O deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS) comunicou, na manhã desta terça-feira (03/12), em Brasília, que o seu mandato conseguiu empenhar junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) R$ 16,4 milhões para obras educacionais em 34 municípios de Mato Grosso do Sul.

De acordo com o parlamentar, o recurso obtido para a construção de cinco unidades escolares chega a R$ 6.6 milhões e comtempla os municípios de Campo Grande (R$ 2.5 milhões), Aquidauana (R$ 1.6 milhão), Bela Vista (R$ 1.2 milhão), Iguatemi (R$ 705 mil) e Corumbá (R$ 344 mil).

“É uma excelente notícia para a educação pública do nosso estado, pois reflete em avanço para o setor e o nosso trabalho junto ao governo federal”, destacou Biffi.

Outra boa notícia para a educação pública de MS é a ação complementar de R$ 658 mil para a aquisição de mobiliários que serão destinados aos Centros de Educação Infantil (CEINFs) de seis municípios: Anastácio (R$ 129 mil), Costa Rica (R$ 130 mil), Dois Irmãos do Buriti (R$ 130 mil), Ponta Porã (R$ 130 mil), Porto Murtinho (R$ 130 mil) e Rochedo (R$ 13.6 mil).

R$ 9 milhões para quadras de esporte

Biffi explicou ainda que a maior parte desses recursos, cerca de R$ 9 milhões, diz respeito à construção e adequação de quadras de esporte em 29 municípios: Água Clara (R$ 253 mil), Amambaí (R$ 359 mil), Anastácio (R$ 428 mil), Antônio João (R$ 254 mil), Aparecida do Taboado (R$ 305 mil), Bataguassu (R$ 183 mil), Bela Vista (R$ 691 mil), Bodoquena (R$ 168 mil), Brasilândia (R$ 254 mil), Camapuã (R$ 422 mil), Campo Grande (R$ 554 mil), Cassilândia (R$ 184 mil), Dois Irmãos do Buriti (R$ 494 mil), Dourados (R$ 254 mil), Eldorado (R$ 475 mil), Iguatemi (R$ 434 mil), Inocência (R$ 254 mil), Itaporã (R$ 438 mil), Ivinhema (R$ 254 mil), Jardim (R$ 254 mil), Ladário (R$ 254 mil), Laguna Carapã (R$ 254 mil), Maracaju (R$ 254 mil), Miranda (R$ 254 mil), Nioaque (R$ 254 mil), Paranaíba (R$ 184 mil), Nova Alvorada do Sul (R$ 404 mil), Rochedo (R$ 254 mil) e Rio Negro (R$ 184 mil).

Jornal Midiamax