Geral

Bancários do Bradesco protestam por suspensão do atendimento médico

Os bancários do Bradesco realizaram protesto na manhã desta terça-feira (02) com o retardamento em 1 hora na abertura de duas agências do banco em Dourados. A manifestação, na área central da cidade, foi coordenada pelo Sindicato da categoria em razão da suspensão do atendimento médico hospitalar pelo Plano Saúde Bradesco, o qual os funcionários […]

Arquivo Publicado em 02/07/2013, às 19h19

None
2021189933.jpg

Os bancários do Bradesco realizaram protesto na manhã desta terça-feira (02) com o retardamento em 1 hora na abertura de duas agências do banco em Dourados. A manifestação, na área central da cidade, foi coordenada pelo Sindicato da categoria em razão da suspensão do atendimento médico hospitalar pelo Plano Saúde Bradesco, o qual os funcionários são beneficiários de acordo com o contrato de trabalho.


Segundo Ivanilde Fidelis, diretora de Saúde do Sindicato e funcionária do Bradesco, “O banco têm feito corpo mole para resolver um problema que é de suma importância para a categoria, afinal com a saúde não se brinca. A suspensão do atendimento já vai para mais de 20 dias sem nenhuma solução, numa clara demonstração de desrespeito do banco com seus funcionários”.


“É inadmissível que um dos bancos mais lucrativos no Brasil, com crescimento de 4,5% na sua lucratividade, que registrou R$ 2,919 bilhões de lucro líquido só no primeiro trimestre de 2013, graças ao esforço de seus trabalhadores e a pressão para o cumprimento de metas, demore tanto a resolver problemas como esse que afeta não apenas os bancários, mas também toda a sua família”. Desabafa Ivanilde


O protesto de hoje foi apenas um recado ao banco e outras manifestações não estão descartadas, já que o sindicato tem feito inúmeras cobranças em relação à suspensão do atendimento pelo Plano de Saúde do Bradesco e até o momento a instituição, apesar de declarar empenho, ainda não resolveu o problema.

Jornal Midiamax