Geral

Após ser flagrado trabalhando na prefeitura, Santini é nomeado em Diário Oficial

O ex-Procurador-Geral do Município, Luiz Carlos Santini, segue trabalhando na prefeitura de Campo Grande após exoneração do cargo de Procurador-Geral do município, mas somente nesta quinta-feira (31) foi publicada a nomeação. O servidor foi visto pela imprensa no último dia 21, enquanto um funcionário da Câmara entregava a documentação da Comissão Processante para o prefeito Alc...

Arquivo Publicado em 31/10/2013, às 15h09

None

O ex-Procurador-Geral do Município, Luiz Carlos Santini, segue trabalhando na prefeitura de Campo Grande após exoneração do cargo de Procurador-Geral do município, mas somente nesta quinta-feira (31) foi publicada a nomeação.


O servidor foi visto pela imprensa no último dia 21, enquanto um funcionário da Câmara entregava a documentação da Comissão Processante para o prefeito Alcides Bernal.


Entretanto, somente hoje saiu a publicação da nomeação em Diário Oficial do município de Santini, exonerado após pedido de afastamento do Ministério Público Estadual e da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul) e posterior decisão judicial.


O ex-procurador exercerá cargo em comissão de Assessor-Executivo I, símbolo DCA-1, Na Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais em conformidade com o Decreto n° 12.006.


A nomeação, segundo a publicação, deve contar desde o dia 25 de setembro deste ano. O símbolo DCA-1 está entre os salários mais altos da prefeitura, R$ 7.900,00, levando em consideração os 80% de gratificação de representação

Jornal Midiamax