Geral

Após roubo e cárcere privado, carro de família é incendiado no Jardim das Violetas

Além do trauma que a família de um segurança de Três Lagoas passou na noite desta terça-feira (16) no bairro Alto da Boa Vista durante um assalto seguido de cárcere privado, as vítimas também tiveram o veículo incendiado. Conforme dados policiais, o dono do imóvel, um segurança de 41 anos chegava e sua residência quando […]

Arquivo Publicado em 17/07/2013, às 18h50

None
1927252473.jpg

Além do trauma que a família de um segurança de Três Lagoas passou na noite desta terça-feira (16) no bairro Alto da Boa Vista durante um assalto seguido de cárcere privado, as vítimas também tiveram o veículo incendiado. Conforme dados policiais, o dono do imóvel, um segurança de 41 anos chegava e sua residência quando passou pelo carro de sua esposa na entrada da propriedade. Acreditando que fosse sua mulher com os filhos, entrou para sua casa como faz diariamente e logo teve uma surpresa.


Sua mulher de 40 anos, e seus filhos de 22 anos e 12 anos estavam amarrados no interior do imóvel. O segurança libertou seus familiares e saiu em busca dos assaltantes que levaram da casa certa quantia em dinheiro, documentos pessoais das vítimas, eletrônicos e um veículo Pegeout.


“Minha família me disse que a todo o momento os bandidos pediam pela arma de fogo que teria na casa, mas eu não tenho revólver foi quando resolveram amarrar todo mundo e levar o carro e objetos da minha casa. Confesso que deixei minha residência nervoso. Eu queria achar os bandidos naquele momento”, desabafou o segurança.


A Polícia Militar de Três Lagoas foi comunicada sobre o ocorrido e logo iniciou diligências na região para tentar prender os acusados. Na Rua dos Fotógrafos, no bairro Jardim das Violetas, na periferia da Cidade, a polícia encontrou o carro totalmente destruído após ser incendiado pelos criminosos que conseguiram fugir.


A vítima informou a reportagem do portal Rádio Caçula que seu carro não possuía seguro e que ele – vítima – ainda está pagando prestações de seu financiamento.


Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Três Lagoas iniciaram diligências pelo Município para tentar prender a dupla. Os bandidos já foram identificados pela polícia.

Jornal Midiamax