Geral

Após polêmica, técnico da Inglaterra nega desrespeito e elogia Manaus

O técnico da Inglaterra, Roy Hodgson, causou polêmica recentemente ao dizer que não queria ver seu time sorteado para jogar em Manaus, capital do Amazonas. A prefeitura da cidade chegou a responder a crítica nesta quinta-feira e por isso o treinador resolveu se manifestar novamente. Agora Hodgson foi mais moderado no discurso e tentou explicar […]

Arquivo Publicado em 06/12/2013, às 17h19

None

O técnico da Inglaterra, Roy Hodgson, causou polêmica recentemente ao dizer que não queria ver seu time sorteado para jogar em Manaus, capital do Amazonas. A prefeitura da cidade chegou a responder a crítica nesta quinta-feira e por isso o treinador resolveu se manifestar novamente.

Agora Hodgson foi mais moderado no discurso e tentou explicar porque fez a declaração polêmica: “eu não queria desrespeitar Manaus. Estava falando apenas sobre os desafios de clima e umidade em comparação com outros locais, além do tempo de viagem”, justificou-se.

A primeira frase de Hodgson se referia exatamente a essas dificuldades: “O clima tropical de lá é um problema para todos, incluindo argentinos, chilenos e colombianos. Não sou um expert na região, mas, tendo em vista o que as pessoas me disseram, Manaus é a sede a ser evitada”.

A prefeitura de Manaus se irritou com o comentário e detonou o técnico, apesar de ressaltar que os ingleses são diferentes dele. “Torcemos pra que venha uma seleção melhor (que a Inglaterra), com mais futebol e com técnico mais sensível, culto e educado. Eis aí uma das poucas pessoas do mundo que não têm curiosidade a respeito da Amazônia, que não sonha em conhecer Manaus”.

Em sua novo resposta, Hodgson falou exatamente sobre a vontade de conhecer Manaus em outra situação: “como uma pessoa que gosta de viajar e visitar novos lugares, eu gostaria de ver a beleza da região. Eu tenho certeza que Manaus será uma sede maravilhosa na Copa do Mundo”, assegurou.

Jornal Midiamax