Geral

Após feriado agências bancárias ficam lotadas em Dourados

Para quem precisou ir à agência bancária nesta quarta-feira de cinzas, teve que ter tempo e paciência, para esperar o atendimento que durou até duas horas de espera. Esse foi o caso de Ângela Marques, que foi até uma agência de Dourados, para fazer o pagamento de seu IPTU e já estava na fila há […]

Arquivo Publicado em 14/02/2013, às 00h56

None

Para quem precisou ir à agência bancária nesta quarta-feira de cinzas, teve que ter tempo e paciência, para esperar o atendimento que durou até duas horas de espera.

Esse foi o caso de Ângela Marques, que foi até uma agência de Dourados, para fazer o pagamento de seu IPTU e já estava na fila há pouco mais de 40 minutos. “Já imagina que estaria movimentado, mas não tanto assim e ainda tem mais de 30 pessoas na minha frente” disse.

Para o Office-Boy, Gabriel Nunes, o trabalho começou depois do depois do meio dia, sem ter hora para sair da agência bancária. “Tinha que passar em três agências, só consegui uma até agora e não vai dar tempo de terminar tudo que tenho para fazer” afirmou.

Lei dos 15 minutos

A Lei dos 15 minutos, foi criada a cinco anos e tem como finalidade dispor sobre sanções administrativas aos estabelecimentos bancários que infringem os direitos do consumidor.

A Lei estabelece que para a comprovação do tempo de espera na fila, o usuário apresente o bilhete de senha de atendimento, com o horário de recebimento e o horário do atendimento.

O tempo limite de atendimento bancário é de 15 minutos em dias normais e de 30 minutos em véspera e pós feriados prolongados, bem como em dias de pagamento dos servidores públicos federais, estaduais e municipais.

O não atendimento neste tempo previsto pode ser denunciado no Procon da cidade, tendo em mãos os comprovantes de excesso de tempo no atendimento.

Jornal Midiamax