Geral

Anúncio antitabaco faz Woody Allen desistir de estrear filme na Índia

Woody Allen se recusou a adaptar cenas de seu novo filme, “Blue Jasmine”, de acordo com as leis indianas e cancelou a estreia do longa no país, prevista para este final de semana. De acordo com a lei do país, cenas com personagens fumando devem conter um anúncio anti-tabaco inseridos no momento da cena. A […]

Arquivo Publicado em 07/10/2013, às 12h57

None

Woody Allen se recusou a adaptar cenas de seu novo filme, “Blue Jasmine”, de acordo com as leis indianas e cancelou a estreia do longa no país, prevista para este final de semana.


De acordo com a lei do país, cenas com personagens fumando devem conter um anúncio anti-tabaco inseridos no momento da cena. A lei entrou em vigor em janeiro de 2012.


“Allen queria que o filme fosse exibido como ele tinha feito, sem quaisquer acréscimos à película”, disse uma fonte ao The Hollywood Reporter.


O filme, estrelado por Cate Blanchett, contém duas cenas que teriam interferências de anúncios. O filme seria exibido em mais de 20 salas.


“Ele não estava confortável com o aviso que somos obrigados a colocar quando há cena com fumantes. Ele acha que a atenção seria desviada da cena para o anúncio”, Deepak Sharma, diretor da PVR Pictures, empresa que estava cuidando da distribuição do filme no país.


O longa de Woody Allen conta a história de Jasmine, mulher de um rico investidor financeiro, Bernard Madoff (Alec Baldwin), que perde sua fortuna e seu lugar na alta sociedade de Nova York quando o marido é preso por fraude.


Completamente desestabilizada e psicologicamente frágil, decide reconstruir sua vida em São Francisco e vai morar com sua irmã (Sally Hawkins), com quem ela não tem nada em comum. “Blue Jasmine” tem previsão de estreia para 15 de novembro nos cinemas brasileiros.

Jornal Midiamax