Geral

Alonso fala em milagre, mas não desiste da briga pelo título com Vettel

Faltando cinco corridas para a Fórmula 1 chegar ao final da temporada e 77 pontos separam o líder, Sebastian Vettel, do segundo colocado, Fernando Alonso. Mesmo com a vantagem enorme do alemão para a conquista de o tetracampeonato, o espanhol ainda mantém uma faísca de esperança após o modesto sexto lugar no GP da Coreia […]

Arquivo Publicado em 06/10/2013, às 13h02

None
18687366.jpg

Faltando cinco corridas para a Fórmula 1 chegar ao final da temporada e 77 pontos separam o líder, Sebastian Vettel, do segundo colocado, Fernando Alonso. Mesmo com a vantagem enorme do alemão para a conquista de o tetracampeonato, o espanhol ainda mantém uma faísca de esperança após o modesto sexto lugar no GP da Coreia do Sul realizado neste domingo.


“Vettel está muito melhor na tabela de pontuação, mas sobretudo na performance dele. Não podemos esperar milagres entre agora e o fim da temporada. O Mundial de Construtores é um alvo mais realista, com certeza, mas nós não estamos desistindo de nada e vamos dar nosso melhor até o fim”, garantiu Alonso.


A grande questão é que o alemão segue imbatível dentro de seu carro da Red Bull. Ele venceu oito (as quatro últimas consecutivas) das 14 provas na temporada, contra apenas duas vitórias de Alonso. Como cada corrida vale até 25 pontos, o piloto da Ferrari precisa de uma combinação altamente improvável para ser tricampeão.


“Vamos ver como voltaremos para Suzuka (onde ocorre o próximo Grande Prêmio), porque este foi um GP com mais dificuldade do que o habitual e temos que voltar a Suzuka com mais otimismo. Embora saibamos que as cinco corridas restantes serão muito duras”, projetou.

Jornal Midiamax