Geral

‘A Sogra’ é atração do projeto Cenasom desta quinta no Centro Cultural

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul apresenta no projeto CenaSom desta quinta-feira (4 de julho), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian o espetáculo teatral “A Sogra”, do grupo Ventreloco Teatro. A peça intrigante conta a história de uma senhora que domina as relações da filha e do genro, criando […]

Arquivo Publicado em 02/07/2013, às 14h26

None

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul apresenta no projeto CenaSom desta quinta-feira (4 de julho), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian o espetáculo teatral “A Sogra”, do grupo Ventreloco Teatro.

A peça intrigante conta a história de uma senhora que domina as relações da filha e do genro, criando situações trágicas e ao mesmo tempo cômicas. O espetáculo explora as relações de poder e um pouco da ideologia do favor, assim como situações da vida privada permeadas pela figura da sogra, personagem normalmente estereotipado na cultura e na mídia.

O espetáculo é baseado no último romance de Aluisio Azevedo, escrito em 1895. Obra bastante criticada na época, constitui um manuscrito de dona Olímpia, que promove uma grande perseguição ao genro. Sua tese consistia em afastá-lo terminantemente da filha, de modo a não desgastar as relações. No livro ela explica cada detalhe de seu plano.

Um dos autores mais expressivos da nossa literatura, Azevedo largou a carreira artística para e dedicar ao serviço público, deixando de escrever aos 40 anos e vindo a falecer aos 57 em Buenos Aires como Cônsul. Considerado um dos precursores do naturalismo no Brasil, Azevedo ganhou destaque com “O Cortiço”, “O mulato”, “Casa de pensão”, dentre outros. “O livro de uma sogra” é uma das obras menos conhecidas do autor.

A adaptação do texto é do produtor cultural Marcio Veiga e a direção é de Leandro Faria, que também compõe o elenco ao lado de Regina Mergulhão e Harley Castro. Os figurinos e a cenografia são de Cleison Nantes Sandim e a iluminação cênica de Espedito di Montebranco.

“Nessa montagem o grupo procurou não levar para o palco uma comédia propriamente dita. É um texto leve e ao mesmo tempo bastante sério. O que chama a atenção é como a platéia reage a diversos antagonismos apresentados na peça” salienta Marcio Veiga, produtor do espetáculo e adaptador do texto.

A proposta do grupo agora é encaminhar o espetáculo para a apreciação de diversos festivais brasileiros e experimentá-lo também em palcos do interior de Mato Grosso do Sul.

O CenaSom é um projeto da Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul que oferece oportunidades de produção e exibição de espetáculos todas as quintas-feiras no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo.

Serviço: O espetáculo “A Sogra” será apresentado nesta quinta (4 de julho), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica na Rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho. Os ingressos custam R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia entrada) e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro.

Jornal Midiamax