Geral

17% da população de Ivinhema estão endividadas, diz ACIIV

As dívidas no comércio de Ivinhema voltam a subir chega 2.141.657,30, Este valor corresponde aos acúmulos de calotes que se arrastam ano a ano. O valor consta no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) e indica o volume da dívida acumulada somente nos últimos cinco anos – após este período, a dívida prescreve e […]

Arquivo Publicado em 23/01/2013, às 21h22

None

As dívidas no comércio de Ivinhema voltam a subir chega 2.141.657,30, Este valor corresponde aos acúmulos de calotes que se arrastam ano a ano. O valor consta no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) e indica o volume da dívida acumulada somente nos últimos cinco anos – após este período, a dívida prescreve e o nome do cliente sai automaticamente do sistema.



Esse valor fora Financiamentos e outras dividas de empresas.



Segundo o SCPC, pouco mais de 3.746 pessoas devem ao comércio, da em torno de 17% da população do município, sendo que os homens lideram a lista de negativações. E quem pensa que o mês de dezembro é utilizado para pagar as contas, com o décimo terceiro, está enganado. Com mais dinheiro no bolso a população prefere ir às compras.



E outro fator que complica e aumenta a inadimplência, são os financiamento de casa, carros, motos, cartão de credito, emprestimo consignado, compras a longo prazo. As pessoas nunca fazem a conta de sua renda familiar e quanto vão gastar e se conseguem pagar, e compromete toda seu ganho para pagar as dividas.



Veja a lista e quantidade, porcentagem dos devedores.



Homens – 2.697



Mulheres – 1.049



Temos o total de 5.600 inclusões



971 Clientes de 02 a 05 registros



2.765 com 01 registro



48 clientes com mais de 05 registros



Significa que muitas empresas estão vendendo sem consultar os dados da pessoa, vendem porque conhece ou e amigo.



Os dados do SCPC em Ivinhema foram fornecidos pela Associação Comercial e Industrial. E essa lista tende a aumentar ainda mais no início do ano. De acordo com a ACIIV, o volume da dívida é o acumulado somente dos últimos cinco anos.



No entanto, mesmo com o nome ‘limpo’, a dívida do cliente com a loja permanece, até que seja efetuado o pagamento.



Outro fator que chama a atenção, é que o número de negativações ao longo de 2012 é maior do que de cancelamentos. De Janeiro a Dezembro do ano passado.


Jornal Midiamax