Geral

Voto presencial antecipado é permitido em mais de 30 estados

Mais de 30 estados norte-americanos permitem que o eleitor vote antecipadamente na eleição presidencial deste ano, segundo o Centro de Informação sobre Voto Antecipado, do Reed College, do Oregon. Os primeiros estados a abrir as urnas foram Dakota do Sul e Idaho, no dia 21 de setembro. Dois estados – Maryland e Flórida – abriram […]

Arquivo Publicado em 27/10/2012, às 13h56

None

Mais de 30 estados norte-americanos permitem que o eleitor vote antecipadamente na eleição presidencial deste ano, segundo o Centro de Informação sobre Voto Antecipado, do Reed College, do Oregon. Os primeiros estados a abrir as urnas foram Dakota do Sul e Idaho, no dia 21 de setembro.


Dois estados – Maryland e Flórida – abriram hoje (27) suas seções eleitorais; Oklahoma faz o mesmo no dia 2 de novembro. “Em muitos estados, o voto antecipado já começou. Neles, cada lado está tentando convencer o maior número possível de apoiadores a votar agora, para que possam concentrar seus recursos naqueles que ainda não votaram”, disse o pesquisador Chris Galdieri, do Saint Anselm College, tradicional instituição de estudos políticos de New Hampshire.


O atual presidente, o democrata Barack Obama, que busca a reeleição, por exemplo, votou antecipadamente no último dia 25, em Chicago, tentando estimular seus eleitores a fazer o mesmo. Como o voto não é obrigatório, não há como saber quantas pessoas votarão neste ano. Em 2008, cerca de 131 milhões de norte-americanos foram às urnas. Segundo a NPR, rede pública de rádio dos Estados Unidos, cerca de um terço dos eleitores devem votar antecipadamente em todo o país.


O consultor financeiro Richard Hemming e sua esposa, a professora Nancy, de Napa Valley, na Califórnia,receberam as cédulas pelo correio e deverão votar na próxima sexta-feira (2), na zona eleitoral de sua cidade, para evitar filas e o trânsito no dia da eleição (6). Eles poderiam votar por e-mail, mas disseram não confiar neste sistema.


Para Hemming, a recuperação da economia norte-americana é uma questão decisiva para seu voto. “A California é um estado democrata e, aqui, a tendência é que Obama ganhe, mas minha intuição diz que [Mitt] Romney vai ganhar”, disse ele.

Jornal Midiamax