Geral

“Voo de Polens”, novo livro de Rubenio Marcelo será lançado em Anastácio

Lançado com sucesso em Campo Grande, “Voo de Polens – 100 sonetos e outros rebentos poéticos”, novo livro do poeta Rubenio Marcelo, que é o secretário-geral da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, terá especial lançamento também em Anastácio (MS). A convite do prefeito Douglas Figueiredo, o esperado evento acontecerá na noite de 2 de maio, às […]

Arquivo Publicado em 24/04/2012, às 11h52

None

Lançado com sucesso em Campo Grande, “Voo de Polens – 100 sonetos e outros rebentos poéticos”, novo livro do poeta Rubenio Marcelo, que é o secretário-geral da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, terá especial lançamento também em Anastácio (MS).


A convite do prefeito Douglas Figueiredo, o esperado evento acontecerá na noite de 2 de maio, às 20h, no Centro de Convenções Cláudio Valério – Anastáciom, durante Noite Cultural alusiva ao aniversário do município.


Na programação do lançamento consta uma pauta cultural, com apresentações artísticas, inclusive da cantora Edna Maria, que também se apresentou muito aplaudida no lançamento de ‘Voo de Polens’ em Campo Grande.


O Livro – Com 192 páginas, aprovado pelo FMIC/FUNDAC, “Voo de Polens…” tem apresentação do escritor José Couto Vieira Pontes, e compendia poemas em versos livres e sonetos da fase atual do poeta Rubenio Marcelo. O livro, que pode ser adquirido também na Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, traz críticas elogiosas e abalizadas de escritores como Abílio de Barros, Glorinha Sá Rosa, Raquel Naveira, Américo Calheiros, Geraldo Ramon, Reginaldo Araújo, Maria Adélia Menegazzo, Lucilene Machado, J. P. Frazão e outros. Crítica da obra: num dos trechos da Apresentação da obra, o escritor e acadêmico José do Couto Vieira Pontes assevera: “Este novo livro de Rubenio Marcelo, intitulado “Voo de Polens – 100 sonetos e outros rebentos poéticos”, é profundo. Como o título já sugere, compõe-se ele de sonetos tradicionais, ao lado de versos livres/brancos, numa combinação feliz, a evidenciar que a poesia pode assumir todas as formas de composição, sem perder o âmago de sua substanciosa mensagem”.


A escritora/professora e doutora honoris causa pela UFMS, Maria da Glória Sá Rosa, assim afirma: “São criações trabalhadas com o frescor da inovação, a partir de instrumental teórico, resultado da abordagem crítica com que interpreta universo onde cabem todos os assuntos, todas as inovações. (…) Em constante contacto com as forças líricas de um mundo em gestação, Rubenio luta com as palavras no afã de construir versos que definem o estatuto de uma poesia em permanente recriação”. Américo Calheiros, presidente da Fundação de Cultura de MS, assegura: “Escritor sofisticado, de privilegiada inspiração, Rubenio passeia, de forma magistral, pelos mais distintos temas, mantendo sua excelência criativa e apurada erudição”.


Raquel Naveira, por sua vez, analisando este novo livro de Rubenio, diz: “Em ‘Voo de Polens’, Rubenio Marcelo, poeta de veia simbolista e tom grave, apresenta uma poesia que é flor e semente, uma poesia que busca a luz, pois, para ele, é preciso que brote “A luz àquele que sabe ser luz!”. De olhar altivo, às vezes tímido como um girassol solitário, o poeta busca no jogo da vida uma saída, “envolto em espinhos e roseiras”. (…) O “Voo de Polens” se derrama fecundo sobre terras e plantas do sul de Mato Grosso, entre passeios por avenidas e rios de camalotes, pois o poeta é como “estame de flor” neste cerrado”.

Jornal Midiamax