Geral

‘Vítimas da Oktoberfest’ utilizam Facebook na busca por golpista

Um grupo de 51 pessoas de Dourados e região utiliza o Facebook na procura pelo homem que seria o responsável por aplicar um golpe na venda de pacotes turísticos para a 29ª edição da Oktoberfest, realizada na última semana em Blumenau (SC). O suspeito é acadêmico de educação física e reside no bairro Izidro Pedroso, […]

Arquivo Publicado em 15/10/2012, às 13h41

None

Um grupo de 51 pessoas de Dourados e região utiliza o Facebook na procura pelo homem que seria o responsável por aplicar um golpe na venda de pacotes turísticos para a 29ª edição da Oktoberfest, realizada na última semana em Blumenau (SC).


O suspeito é acadêmico de educação física e reside no bairro Izidro Pedroso, porém, segundo as vítimas, está desaparecido desde a última quarta-feira. O telefone celular que utilizava está desativado assim como seu perfil na rede social.


Ele teria vendido às pessoas por R$ 700, um pacote que incluía viagem, hospedagem e ingressos para o evento. O grupo saiu de Dourados durante quarta-feira (10), em um ônibus acompanhado pelo suspeito que seguia em um carro particular. Em certo momento do percurso, ele desapareceu. O comboio seguiu viagem até Santa Catarina e quando chegaram ao local combinado, perceberam que haviam caído em golpe, pois nada do que foi combinado havia sido feito.


Sem lugar para passar a noite, as pessoas dormiram no ônibus e no dia seguinte, cerca de 15 retornaram, enquanto outros permaneceram por contra própria em Blumenau. O caso foi registrado no 1° Distrito Policial. Ele está sendo procurado para que possa esclarecer os fatos. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de estelionato. Algumas vítimas disseram que estavam pagando o valor do pacote em parcelas de R$ 100, desde março. Segundo elas, o homem chegou a fazer a reserva em um hotel, porém não pagou. Pessoas próximas ao suspeito acreditam que ele tenha gastado o dinheiro arrecado ao longo dos meses.

Jornal Midiamax