Geral

Viadutos são soluções para pontos de estrangulamentos no trânsito‏, defende Azambuja

A construção de viadutos em avenidas como a Guri Marques e Via Park, esta última na esquina com a Avenida Mato Grosso, é a única maneira de acabar com o congestionamento nessas vias. A solução foi apresentada na segunda-feira (23) pelo candidato a prefeito pela Coligação Novo Tempo (PSDB, PPS, PTN, PHS e PMN), Reinaldo […]

Arquivo Publicado em 24/07/2012, às 15h56

None
1660056057.jpg

A construção de viadutos em avenidas como a Guri Marques e Via Park, esta última na esquina com a Avenida Mato Grosso, é a única maneira de acabar com o congestionamento nessas vias. A solução foi apresentada na segunda-feira (23) pelo candidato a prefeito pela Coligação Novo Tempo (PSDB, PPS, PTN, PHS e PMN), Reinaldo Azambuja, em reunião realizada na Vila Margarida.


A proposta faz parte do plano de trabalho do tucano, que prevê choque de gestão com o objetivo de humanizar e tornar menos tumultuado o trânsito da Capital, que hoje está entre os que mais fazem vítimas no País. “Os pontos de estrangulamento não comportam mais rotatórias. É preciso que sejam construídos viadutos nesses locais para desafogar o trânsito e oferecer segurança para as pessoas,” argumentou Azambuja.


A valorização do Planurb, o desenvolvimento de um planejamento urbano, a redefinição do sistema de ruas e avenidas e a interligação dos bairros também estão entre as propostas que visam realinhar e descongestionar o trânsito da Capital, segundo o candidato tucano. Ele anunciou ainda o uso de tecnologias para contribuir para essas mudanças.


“Quando você infringe uma lei de trânsito, em poucos dias recebe em sua casa uma multa, no seu endereço. É essa mesma tecnologia que queremos que seja usada a favor do motorista e dos pedestres”, comentou Azambuja, que tem no plano de trabalho a proposta de informatizar o sistema de sinalização – com instalação de programa de semáforos inteligentes – ampliando a onda verde nas vias de grande fluxo de veículos e desenvolvendo estudos para novos meios de transporte urbano.

Jornal Midiamax