Geral

Vendaval causa destruição e prejuízo em Paraíso das Águas

Uma forte tempestade de vento, acompanhado de chuva, causou temor à população de Paraíso das Águas nesta tarde de segunda feira (17). Por volta das 14h30, o céu de Paraíso das Águas ficou fechado e avermelhado com a poeira que se levantava e com a chuva enunciada. Aos poucos a chuva que todos aguardavam, chegou […]

Arquivo Publicado em 18/09/2012, às 12h44

None
1230789080.jpg

Uma forte tempestade de vento, acompanhado de chuva, causou temor à população de Paraíso das Águas nesta tarde de segunda feira (17).


Por volta das 14h30, o céu de Paraíso das Águas ficou fechado e avermelhado com a poeira que se levantava e com a chuva enunciada. Aos poucos a chuva que todos aguardavam, chegou de forma assustadora.


Um forte vento em alta velocidade, arrancou o telhado de dezenas de casas, comércios e até de uma igreja evangélica, causando grande prejuizo e uma destruição em grande parte de imóveis da cidade.


Um conjunto habitacional foi o mais atingido, com quase todas as residências destelhadas. Uma madeireira ficou sem o teto e com parte da parede de uma nova construção destruida. O painel da frente de uma empresa da cidade foi completamente danificado.


Enfrente à paróquia de Paraíso das Águas, um poste de rede de energia elétrica entortou-se. Na rua Celestina Faustina da Cruz, uma árvore caiu sob uma rede de alta tensão e deixou todos os cabos no asfalto. Foram várias árvores quebradas e arremessada ao chão.


Um ciclista que voltava para sua residência apressado com o temporal, foi atingido pelo vento, perdeu o controle da bicicleta e caiu no asfalto, ele teve leve ferimento no joelho, socorrido e levado para o Posto de Saúde de Paraíso das Águas e liberado.


A cidade ficou sem energia elétrica por quase três horas e a região onde houve o registro de maior estragos, ainda continua sem energia elétrica.


No momento toda a cidade está sem abastecimento de água. Não há previsão para retorno do abastecimento.


Técnicos da empresa de energia elétrica trabalham nos locais atingidos.


“Parecia um furacão, nunca tinha visto algo parecido”, relata assustada uma moradora de uma residência atingida.


Existem informações ainda não oficiais, de que em algumas fazendas da região, ocorreu o mesmo fato, em uma fazenda, todo o detalhado de uma varanda caiu sob um automóvel, causando um grande prejuízo.

Jornal Midiamax