Geral

Valdívia desembarca no Brasil para conversa com diretoria do Palmeiras após sequestro

O meia Valdívia, do Palmeiras, retornou ao Brasil na noite desta segunda-feira.O jogador desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, em um voo que saiu de Santiago, no Chile, para onde ele viajou após sofrer um sequestro relâmpago na noite da última quinta-feira. A expectativa inicial era a de que o chileno aparecesse na Academia de Futebol […]

Arquivo Publicado em 12/06/2012, às 01h39

None

O meia Valdívia, do Palmeiras, retornou ao Brasil na noite desta segunda-feira.O jogador desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, em um voo que saiu de Santiago, no Chile, para onde ele viajou após sofrer um sequestro relâmpago na noite da última quinta-feira. A expectativa inicial era a de que o chileno aparecesse na Academia de Futebol nesta segunda,  mas ele avisou à diretoria que permaneceria um pouco mais em seu país natal.


A tendência é que Valdívia se reapresente ao clube paulista na manhã desta terça-feira, quando terá uma reunião com a diretoria da equipe para definir o seu futuro. Segundo o irmão dele, existe a possibilidade do chileno pedir a rescisão do contrato, já que sua esposa, Daniele, já declarou que não quer voltar ao Brasil depois do susto que passou ao lado do marido.


“Jorge vai conversar com os dirigentes [do Palmeiras] e quer chegar a um acordo, porque ele não está bem”, disse Claudio, irmão do meia, à ADN Rádio Chile. “Ele irá com nosso pai para ver um acordo”, completou.


O jogador e sua esposa Daniela foram rendidos na noite de quinta-feira (07) e por cerca de três horas ficaram sob o poder de um sequestrador. O casal foi abordado no bairro de Perdizes.


Depois de um tempo rodando pelas ruas de São Paulo, Valdivia e sua mulher foram deixados, com o carro, próximos a uma loja de peças automotivas na Avenida Marquês de São Vicente. O bandido fugiu de táxi e levou mil reais.


Jornal Midiamax