Geral

UPA Moreninhas deve ser inaugurado no dia do aniversário da Capital

Presidente do Conselho Local de Saúde disse que a comunidade aguarda há anos por um UPA na região.

Arquivo Publicado em 13/04/2012, às 15h22

None

Presidente do Conselho Local de Saúde disse que a comunidade aguarda há anos por um UPA na região.

No segundo semestre, a região das Moreninhas, uma das mais populosas da Capital, com 22 mil habitantes, segundo informações do último Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) vai ganhar um UPA (Unidade de Pronto Atendimento).


A inauguração que está prevista para ocorrer no dia do aniversário de Campo Grande, 26 de agosto, é muito esperada pela população. Segundo o presidente do Conselho Local de Saúde e Regional do Bandeira, Jurandir Domingues de Oliveira, a comunidade aguarda há anos por um UPA na região.


“Faz tempo que esperamos por uma unidade de saúde mais completa. É muito necessário. O posto já é antigo e não comporta a necessidade da população. Quando inaugurou o UPA Universitário começamos a pedir um para cá, agora fomos atendidos”, comemorou.


Apesar, de estar feliz com a proximidade da inauguração, Jurandir disse que a Unidade vai apenas minimizar os problemas de saúde no bairro. Ele explica que a região é muito grande, e cada dia mais bairros estão surgindo no local, e mesmo com esses esforços os problemas não vão ser resolvidos.


O prefeito Nelson Trad Filho, que esteve vistoriando as obras nesta manhã (13), disse que o UPA vem exatamente para suprir esses problemas. “O UPA é uma unidade que gera resolutividade. Nós estamos no caminho certo”, disse. Nelsinho também lembrou que a unidade é um pedido antigo da comunidade da região e se mostrou feliz em poder atender mais esta demanda.


Ele ressaltou ainda o bairro Santa Mônica e o Jardim Leblon/Lapa também vão ganhar unidades de pronto atendimento. Segundo ele, as regiões escolhidas para a construção dos UPAs são estratégicas e objetivam atender melhor a população que mais necessita desses atendimentos.


“Com os UPA desafogamos os hospitais, a Santa Casa, o Regional, mais estar abrindo vagas para melhor o atendimento na saúde”, apontou.


O prefeito afirmou ainda que cerca de três meses antes da inauguração do UPA Moreninhas, em junho, deve ser aberto concurso público na área da saúde para suprir a demanda de mão de obra que surge com a inauguração da unidade.

Jornal Midiamax