Geral

Um dos assaltantes do malote de R$ 190 mil a agência HSBC é foragido da Colônia

Logo após o crime, na tarde de ontem (10), os policiais já iniciaram as buscas e, por volta das 16h30, eles já tinham a identificação de um dos suspeitos.

Arquivo Publicado em 11/12/2012, às 11h10

None

Logo após o crime, na tarde de ontem (10), os policiais já iniciaram as buscas e, por volta das 16h30, eles já tinham a identificação de um dos suspeitos.

A Polícia Civil, de acordo com o delegado Fabio Peró, pretende prender ainda hoje um dos suspeitos do roubo ao malote de uma agência bancária do HSBC, localizada na avenida Afonso Pena com a rua Terenos, em Campo Grande.


Logo após o crime, na tarde de ontem (10), os policiais já iniciaram as buscas e, por volta das 16h30, eles já tinham a identificação de um dos suspeitos. O homem seria natural de São Paulo, mas residia em Campo Grande e era foragido da Colônia Penal Agrícola.


Além dele, a polícia tenta identificar um segundo suspeito que teria dado fuga em uma moto vermelha para o assaltante e a possibilidade de um terceiro envolvido no crime.


“Esses bandidos geralmente possuem uma pessoa em um carro esperando. Em dado momento, o autor com o malote desce e entra no carro, para despistar ainda mais a polícia”, explica o delegado Peró.


Na ocasião o policial Roque, lotado na Depac (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, percebeu a ação e foi baleado. “Ele estava inconsciente e com muitas dores quando chegou no hospital. Hoje, se estiver melhor, vamos ouvir o depoimento dele”, fala o delegado.


Na manhã desta terça-feira (11), as buscas já reiniciaram. Participam homens da Garras Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais).

Jornal Midiamax