Geral

TSE já liberou envio de tropas federais para quatro Estados

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou, até o momento, o envio de tropas federais para quatro Estados do Brasil, que solicitaram o reforço no policiamento por considerarem que não possuem condições de manter a segurança somente com as polícias locais. Segundo o tribunal, tropas serão enviadas para 50 localidades do Amazonas, Maranhão, Pará e Tocantins. […]

Arquivo Publicado em 02/09/2012, às 16h46

None

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou, até o momento, o envio de tropas federais para quatro Estados do Brasil, que solicitaram o reforço no policiamento por considerarem que não possuem condições de manter a segurança somente com as polícias locais.


Segundo o tribunal, tropas serão enviadas para 50 localidades do Amazonas, Maranhão, Pará e Tocantins. Porém, o TSE já recebeu dos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE’s) 16 pedidos de envio de força federal, para 90 localidades de seis Estados, mas alguns casos ainda estão sendo analisados.


O envio de forças federais só é autorizado pelo TSE após manifestação do respectivo governador sobre a impossibilidade de as forças de segurança estaduais garantirem a normalidade das eleições nos municípios e localidades listados.


O apoio das Forças Armadas para a manutenção da lei e da ordem no dia da eleição pode ser solicitado pela Justiça Eleitoral para regiões ou localidades onde se constate a necessidade de reforço no policiamento. Em julho deste ano, a presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia e o ministro da Defesa Celso Amorim reafirmaram a parceria entre a Justiça Eleitoral e as Forças Armadas.


Reforço


No Amazonas, os municípios que receberão tropas federais são: Maués, Manicoré e Novo Airão. Esta não será a primeira vez que a segurança nas eleições nesses municípios será garantida por forças federais. Em eleições anteriores, essas localidades contaram com o reforço das Forças Armadas.


No Tocantins, o município de Tocantínia e as aldeias indígenas Xerente, Rio Sono, P.I Xerente, Brejo Comprido, Rio Vermelho, Pedra Branca e Cachoeira também terão reforço das Forças Armadas.


No Maranhão, somente São Mateus do Maranhão necessitará de reforço das forças federais, enquanto no Pará, Estado com maior número de solicitações, 39 cidades terão tropas das Forças Armadas trabalhando no dia das eleições, em outubro.


Os municípios paraenses que receberão o reforço de segurança são: Afuá, Almeirim, Altamira, Aveiro, Barcarena, Cachoeira do Arari, Canaã dos Carajás, Capanema, Chaves, Conceição do Araguaia, Curuá, Curuçá, Eldorado dos Carajás, Faro, Floresta do Araguaia, Garrafão do Norte, Gurupá, Ipixuna do Pará, Itaituba, Jacareacanga, Juruti, Marabá, Nova Esperança do Piriá, Novo Progresso, Novo Repartimento, Paragominas, Parauapebas, Placas, Portel, Prainha, Redenção, Rondon do Pará, Santa Cruz do Arari, Santa Maria das Barreiras, São Félix do Xingu, São Miguel do Guamá, Terra Alta, Terra Santa e Tomé-Açu.

Jornal Midiamax