Geral

Tribunal Regional Federal inaugura Central de Conciliação nesta quinta em Campo Grande

A Central tem por objetivo a solução de processos de maneira mais ágil e será a primeira do Estado e a 17ª da Terceira Região

Arquivo Publicado em 01/08/2012, às 11h37

None

A Central tem por objetivo a solução de processos de maneira mais ágil e será a primeira do Estado e a 17ª da Terceira Região

Será inaugurado nesta quinta-feira, 2, em Campo Grande, a Central de Conciliação de Campo Grande da 1ª Subseção Judiciária de Mato Grosso do Sul. A Central tem por objetivo a solução de processos de maneira mais ágil e será a primeira do Estado e a 17ª da Terceira Região.

A cerimônia contará com a presença do presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), desembargador federal Newton De Lucca.

De acordo com o Tribunal Regional Federal, a conciliação visa solucionar de maneira mais célere litígios por meio do diálogo entre as partes na presença de um juiz que funciona como mediador desse contato. Quando as partes entram em acordo, o pacto é homologado pelo juiz e passa a ter força de lei entre as partes, evitando a entrada de recursos.

No local, devem ser realizadas 329 audiências, de segunda a sexta, das 9h às 18h.

A central será coordenada pela juíza federal Ana Lya Ferraz da Gama Ferreira e terá como adjunto o juiz federal Paulo Sergio Ribeiro. O atendimento será realizado por servidores treinados e conciliadores voluntários em convênio com a Universidade.

A solenidade de instalação será no prédio da Justiça Federal em Campo Grande, às 17h, e a central de conciliação funcionará na sede da Universidade Anhanguera-Uniderp, localizada à rua Ceará, 333, no bairro Miguel Couto.

Jornal Midiamax