Geral

Tribunal Eleitoral mexicano recebe recurso de impugnação das eleições

O Tribunal Eleitoral do México recebeu nesta terça-feira os documentos apresentados pela aliança esquerdista para impugnar as eleições presidenciais de 1º de julho, um recurso que deverá ser resolvido nas próximas semanas. A esquerda mexicana quer que as eleições sejam declaradas inválidas. Segundo os resultados oficiais, o Partido Revolucionário Institucional (PRI), de Enrique ...

Arquivo Publicado em 18/07/2012, às 00h51

None

O Tribunal Eleitoral do México recebeu nesta terça-feira os documentos apresentados pela aliança esquerdista para impugnar as eleições presidenciais de 1º de julho, um recurso que deverá ser resolvido nas próximas semanas.


A esquerda mexicana quer que as eleições sejam declaradas inválidas. Segundo os resultados oficiais, o Partido Revolucionário Institucional (PRI), de Enrique Peña Nieto, venceu a votação com 38,21% dos votos.


A impugnação, que foi apresentada na quinta-feira passada para o Instituto Federal Eleitoral (IFE), passou hoje para o Tribunal Eleitoral, que deve se pronunciar sobre o caso antes de 31 de agosto.


O presidente do Tribunal, Alejandro Luna Ramos, disse que os três magistrados que se encarregarão do caso apresentarão um texto sobre o recurso o mais breve possível.


A aliança de três partidos esquerdistas liderada por Andrés Manuel López Obrador assegura que o PRI ganhou a votação graças à compra de cinco milhões de votos por meio de diversos sistemas, como a entrega de cartões pré-pagos de uma rede de supermercados.


O PRI nega as acusações e também apresentou documentos e provas que buscam demonstrar que a eleição de Peña Nieto foi legal.

Jornal Midiamax