Geral

TRE impugna candidatura de ex-prefeito de Bonito e defesa irá recorrer ao TSE

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso o Sul (TRE-MS) impugnou, nesta terça-feira (4), o registro da candidatura a prefeito de Geraldo Marques (PDT), em Bonito. “Ninguém me tira da eleição no tapetão, vão ter que ganhar de mim no voto”, reagiu o candidato, que adiantou recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em primeira instância, […]

Arquivo Publicado em 04/09/2012, às 21h01

None

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso o Sul (TRE-MS) impugnou, nesta terça-feira (4), o registro da candidatura a prefeito de Geraldo Marques (PDT), em Bonito.


“Ninguém me tira da eleição no tapetão, vão ter que ganhar de mim no voto”, reagiu o candidato, que adiantou recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Em primeira instância, Geraldo venceu a disputa judicial. “Tá um a um, agora vamos para Brasília”, reforçou. Confiante, ele informou ainda seguir suas atividades de campanha. “A corrida por votos segue normalmente e domingo tem comício”, destacou.


O posicionamento do TRE levou em consideração a rejeição das contas da administração anterior do pedetista frente à prefeitura. A decisão do Tribunal de Contas não incluía dolo na sentença.


O TRE, por sua vez, entendeu que a atitude do ex-prefeito configurava sim como dolo, o que, conforme a legislação eleitoral, tira o candidato da disputa eleitoral.

Jornal Midiamax