Geral

TRE anula aliança do PPS com o PT e ratifica união do PSDB com os petistas em Ribas

O candidato a prefeito pelo PPS em Ribas do Rio Pardo, Roberson Moureira, não poderá fazer menção ao PT em seus impressos de campanha para as eleições municipais de 2012, ou mesmo se valer de figuras partidárias do PT, como a presidente Dilma Roussef, o senador Delcídio do Amaral, o deputado federal Antônio Carlos Biffi […]

Arquivo Publicado em 29/08/2012, às 17h08

None

O candidato a prefeito pelo PPS em Ribas do Rio Pardo, Roberson Moureira, não poderá fazer menção ao PT em seus impressos de campanha para as eleições municipais de 2012, ou mesmo se valer de figuras partidárias do PT, como a presidente Dilma Roussef, o senador Delcídio do Amaral, o deputado federal Antônio Carlos Biffi e o ex-presidente Lula.


Este é o efeito imediato da decisão do plenário do Tribunal Regional Eleitoral tomada na sessão realizada na tarde de segunda-feira (27). Um dia antes (26), Delcídio e Biffi, ambos do PT, estiveram no comício do candidato do PPS em Ribas.


O TRE julgou ação impetrada pelo Diretório Municipal do PT e legitimou a convenção municipal realizada pelo partido no município, independente da decisão tomada pelos diretórios estadual e nacional.


Os advogados de defesa do PT alegaram que o PT nacional não publicou nenhuma diretriz no sentido de que o PT de Ribas não deveria se coligar com o PSDB em detrimento do PPS. O que havia era uma proibição geral, em que o PT não poderia coligar com PPS, PSDB e DEM em qualquer município com mais 200 mil eleitores.


A defesa também mostrou que o diretório estadual não pode intervir no diretório municipal, uma vez que a convenção foi regularmente realizada, não desobedecendo nenhuma diretriz válida do partido, fazendo prevalecer os 16 votos dos convencionados municipais favoráveis a coligação com o PSDB contra apenas um a favor do PPS


Desde o início oficial da campanha política em Ribas do Rio Pardo, tanto a coligação “Ribas, com amor Rumo ao Desenvolvimento, que tem Zé Cabelo para prefeito, quanto a “O Trabalho Faz a Diferença”, do candidato Roberson Moureira, estão divulgando a aliança com o PT.


Com a decisão do TRE, foi ratificada a coligação com o PSDB. Além de perder tempo no horário eleitoral gratuito, o PPS perde também o candidato a vereador Dedé do PT, cujo registro foi anulado.

Jornal Midiamax