Geral

Transfusão de sangue em paciente cardíaco acentua mortalidade

Uma análise de 10 estudos sugere que o recebimento de uma transfusão de sangue em pacientes com infarto do miocárdio (ataque cardíaco) está associada ao aumento da mortalidade, em comparação com o não recebimento de uma transfusão de sangue durante o ataque cardíaco, de acordo com um relatório publicado online pelo Archives of Internal Medicine. […]

Arquivo Publicado em 25/12/2012, às 19h50

None

Uma análise de 10 estudos sugere que o recebimento de uma transfusão de sangue em pacientes com infarto do miocárdio (ataque cardíaco) está associada ao aumento da mortalidade, em comparação com o não recebimento de uma transfusão de sangue durante o ataque cardíaco, de acordo com um relatório publicado online pelo Archives of Internal Medicine.

Medidas terapêuticas, incluindo anticoagulantes, têm “revolucionado” o tratamento da síndrome coronariana aguda e melhora os resultados clínicos. No entanto, algumas destas terapias pode também aumentar o risco de hemorragia.

Estudiosos conduziram uma revisão de estudos publicados entre janeiro de 1966 e março de 2012. Dez estudos, incluindo 203.665 participantes, foram selecionados para análise. Apenas um estudo foi um estudo randomizado, enquanto os outros eram estudos observacionais.

“As análises de transfusão de sangue no infarto do miocárdio revelou aumentou da mortalidade contra nenhuma transfusão de sangue durante o infarto do miocárdio (18,2% contra 10,2%)”, comentaram os autores.

Jornal Midiamax