Geral

Tradicional Festa Junina de Corumbá pode não acontecer por problemas administrativos

A realização da festa junina de Corumbá está comprometida devido aos atrasos sofridos na máquina administrativa em decorrência das ações desenvolvidas pela Operação Decoada. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) esclareceu que está envidando todos os esforços para mais uma vez fazer com que o Arraial do Banho de São João ganhe notoriedade nacional […]

Arquivo Publicado em 12/06/2012, às 12h03

None

A realização da festa junina de Corumbá está comprometida devido aos atrasos sofridos na máquina administrativa em decorrência das ações desenvolvidas pela Operação Decoada. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) esclareceu que está envidando todos os esforços para mais uma vez fazer com que o Arraial do Banho de São João ganhe notoriedade nacional como vem acontecendo desde o início de sua primeira gestão, mas afirmou que já não conseguirá configurar a festa da maneira que estava sendo planejada.


O arraial terá três dias somente este ano e não cinco como acontecia anteriormente. Outro ponto que ficou prejudicado foi a inovação que seria adotada este ano com a festa sendo realizada em vários bairros da cidade com a realização de eliminatórias de concursos de quadrilha, com as classificadas participando da final no Porto Geral, e com cada um desses bairros recebendo uma atração artística nacional. “Já éramos para começar essa programação hoje, no bairro Nova Corumbá, atendendo a todos os bairros que se situam naquela região”, disse o prefeito que também afirmou que a dupla sertaneja Léo e Júnior iria se apresentar na Nova Corumbá e já havia sido até contatada, mas não houve tempo de fechar o contrato. Outros bairros que seriam contemplados são o Maria Leite e o Dom Bosco e Arthur Marinho com uma festa única no Estádio Arthur Marinho.


O maior problema é com os prazos para licitação. Como tudo ficou parado, as licitações de mais de R$ 150 mil já não podem mais ser feitas, pois, exigiriam pelo menos 15 dias para cumprir a legalidade. Agora só serão realizadas as com valores de até R$ 80 mil que obedecem prazo menor, mas mesmo assim as propostas serão abertas no dia 21 de junho e com isso até mesmo o transporte da estrutura como palco, som e arquibancadas, será um grande desafio.


A festa será nos dias 22, 23 e 24 de junho, mas ainda não se sabe como será a estrutura do Porto Geral da cidade. Existe uma possibilidade de que, para manter o cronograma inicial, a Prefeitura faça as festividades nos bairros no mês de julho, mas isso ainda não está estabelecido. De qualquer forma, se a intenção era fortalecer os festeiros, os arraiás da população de todas as regiões do município, então a população deverá ter papel fundamental para sustentar o Arraial do Banho de São João, considerado o maior da região Centro-Oeste.

Jornal Midiamax