Geral

Temporal atinge distrito de Aral Moreira e causa destruição

Um forte temporal com rajadas de vento de cerca de 120 Km/h, atingiu no inicio da tarde dessa sexta-feira, 26 de outubro, o distrito de Vila Marques, a cerca de 10 quilômetros da sede do município, Aral Moreira, e provocou a queda de árvores e fez vários estragos naquela localidade. O vendaval seguido de chuva […]

Arquivo Publicado em 27/10/2012, às 19h55

None
19644062.JPG

Um forte temporal com rajadas de vento de cerca de 120 Km/h, atingiu no inicio da tarde dessa sexta-feira, 26 de outubro, o distrito de Vila Marques, a cerca de 10 quilômetros da sede do município, Aral Moreira, e provocou a queda de árvores e fez vários estragos naquela localidade.

O vendaval seguido de chuva forte e granizo começou por volta das 13h, e durou poucos minutos, tempo suficiente deixar um verdadeiro rastro de destruição. Na entrada da vila, já era possível ver os estrados deixados pelo vendaval. O muro, onde funciona um lava jato e uma oficina mecânica, foi ao Chão com a força do vento. O forte temporal também derrubou o elevador de um dos silos da Cooperativa Lar.

Prejuízos também para uma família que reside na Rua Adelino Anzilago, que teve a sua casa parcialmente destruída com o temporal. Geovani Sanches Ferreira, que morava com a esposa na residência, contou a nossa reportagem que no momento do incidente apenas o cunhado estaria no local. “Quando meu cunhado viu derrabando tudo, imediatamente correu para a casa dos meus pais, que fica ao lado, e que também teve parte da casa destelhada com a fúria dos ventos” disse.

O temporal também afetou a rede elétrica. Na Rua Arino Rosatti, uma árvore caiu sobre a rede elétrica, deixando o distrito, completamente sem energia e temporariamente sem comunicação. O temporal também deixou a sede do município, Aral Moreira, sem eletricidade e sem comunicação, durante toda à tarde.

A energia no município, só foi restabelecida por volta das 18h. Já no distrito, a energia foi restabelecida por volta das 20h 30. Não houve registro sobre pessoas feridas em decorrência da tempestade.

Jornal Midiamax